Quarta-feira, 23 de julho de 2014.
Busca no Guia Comercial:
Notícias ››   Geral ››  

Comerciante fecha rua em protesto contra a OI

publicada em 20 de julho de 2012


O proprietário da Agrimaq ficou revoltado e bloqueou uma rua, provocando muita confusão

Após ficar quatro dias sem serviços de telefonia e internet por porta de operadora OI, o proprietário da Agrimaq Comércio de Máquinas Agrícolas, Mauro Luiz Tessaro, decidiu protestar de uma maneira bastante inusitada. Na sexta-feira, dia 13, ele fechou a Rua Agrimensor Carlos Hasselmann, esquina com Alberto Karas, no Fazenda Velha, por algumas horas, impedindo a passagem de veículos e ônibus.

O comerciante estava revoltado porque, segundo ele, já havia ligado para a empresa por dezenas de vezes e ninguém tinha resolvido seu problema. “Fiquei na mão por quatro dias, sem telefone e sem internet, imagine o que significa isso para um comércio. Sei que as terceirizadas da OI estavam em greve, mas eles que se programassem para atender aos clientes, e não fizessem a gente pagar o pato”, reclamou Mauro.

O comerciante comentou que tinha 43 registros de protocolos das ligações que fez para a operadora Oi e para a Anatel. “Tenho aqui os números para quem quiser ver, pensam que somos palhaços? Só tomando uma atitude como esta, de fechar a rua com as máquinas da minha loja, consegui ser ouvido. Mesmo assim, fui taxado de vagabundo por algumas pessoas, recebi críticas e ameaças e ainda por cima quase fui preso por bloquear a rua, mas no final tudo acabou bem, e a OI resolveu meu problema. Ninguém quer saber do prejuízo que eu tive, dos negócios que deixei de fechar por falta de telefone e internet. Agora pergunto: teriam resolvido se eu ficasse apenas nas reclamações via telefone? Existem coisas que só conseguimos na pressão”, finalizou.

Mauro comentou ainda que outros comércios da região teriam ficado sem os serviços de telefone e internet da OI, mas nenhum deles participou do protesto. A reportagem do Jornal O Popular entrou em contato com a operadora OI através do telefone 0800-0310800, mas não obteve respostas sobre possíveis problemas de corte nos serviços naquela região.



Versão para impressão Compartilhar no Facebook Deixe seu comentário
Texto: Maurenn Bernardo / Foto: Victor Amaral

Envie esta notícia para seus amigos

Seu nome:
Seu e-mail:
Enviar para:
envie para vários e-mails separando-os com vírgula

Deixe seu comentário sobre esta notícia

Seu nome:
Seu e-mail:
Escreva seu comentário:
0 caracteres utilizados. Máximo 100 caracteres.

Digite o código contido na imagem ao lado:
Caso não consiga ler o texto da imagem, clique aqui.

10 Comentários

01/08/2012 às 06:36
Dan escreveu:
Bom, não emito nenhum comentário sobre as ruas fechadas da tal loja recém inaugurada pois não passei por lá e nem fiquei sabendo de nada disso, mas que também é uma vergonha, é!
31/07/2012 às 11:39
Marcos escreveu:
Interessantes os comentários abaixo, mas porque não saiu nenhuma reportagem quando uma recém inaugurada loja manteve duas ruas do Centro BLOQUEADAS POR UM DIA INTEIRO ? Foi um caos total na região, apoiado pelo pessoal que se auto denomina agentes de trânsito, que só ficavam olhando o tumulto.
30/07/2012 às 11:33
Junior escreveu:
Eita vida boa... O banco ta me cobrando um valor absurdo de juros por mês. Vou fechar a rua do meu comércio e não vou deixar ninguém passar por lá até o banco perdoar a minha dívida também... Se pega a moda...
26/07/2012 às 08:47
Avenger escreveu:
PJ,Dan estou de acordo com voces obstruir vias publicas e proibido se for assim vou bloquear a rua da minha casa toda a vez que eu tiver um problema.Isso e coisa de gente que não tem o que fazer,atrapalhou as outras pessoas que não tem nada haver com o assunto.
26/07/2012 às 07:30
Dan escreveu:
E tem gente aí nos comentários que deveria procurar umas aulas de português, hein?...
24/07/2012 às 16:38
Dan escreveu:
Tá, a Oi não queria resolver o problema do cara. Mas o que o povo que precisa usar a rua tem a ver com isso? Por que que o cara não foi protestar na frente do prédio da Oi então? Tinha mais é que ser preso mesmo!
21/07/2012 às 20:27
sandra escreveu:
infelismente nesse pais as coisas só se resolvem a custas de confusão porque justiça não funciona é uma vergonha ,esse comerciante deveria de ser indenisado pela oi pelo estress que viveu e os prejuisos que teve essas telefonias devem de ter comprado a justiça porque a justiça não ta nem ai com nós.
21/07/2012 às 12:03
PJ escreveu:
Para resolver o problema do cidadão existe a justiça, não foi correto criar problemas para outras pessoas por problemas que eram dele e da operadora. Deveria mesmo ser punido por impedir outras pessoas de circular pela via pública.
21/07/2012 às 07:44
Comerciante escreveu:
Ai sim do Valor
20/07/2012 às 20:01
luiz escreveu:
sem chance,essa operadora ja era, eu tambem tinha esses problemas ficava sempre na mao.agora estou cm a gvt vamos ve se funciona..

Contato

Telefone
(41) 3614-2500
(41) 3642-5555
Fax: (41) 3642-5555