Home / Notícias / Comercial / Aulas de Krav Magá chegam a Araucária

Aulas de Krav Magá chegam a Araucária

As aulas acontecem geralmente em duplas, onde são praticados golpes de ataque e defesa. Foto: Marco Charneski


 

Araucária ganhou nesta semana aulas de Krav Magá, na P1 Fitness, localizada no bairro Iguaçu. Na noite da última terça-feira, 4 de dezembro, a aula inaugural contou com alunos que puderam conhecer as técnicas de defesa pessoal israelense.

As aulas regulares serão ministradas pelo instrutor Rodrigo Procópio, da Federação Sul Americana de Krav Magá. Além dele, o professor Gerson Madlener também deve ministrar alguns aulões, sendo supervisionados pelo Grão Mestre Kobi Lichtenstein, que foi quem trouxe a técnica à América do Sul, além de ter sido aluno do criador do Krav Magá, Imi Lichtenfeld.

O professor Gerson explicou que o Krav Magá não é uma arte marcial e que não existem competições dentro da modalidade, visto que são usadas todas as técnicas possíveis para se defender de um agressor. “Com as técnicas do Krav Magá, qualquer pessoa pode se defender de uma agressão, independentemente da idade, sexo ou preparo físico. Ainda, o Krav Magá dá plenas condições do aluno desarmar o agressor que esteja em posse de arma de fogo ou arma branca”, disse.

De acordo com os instrutores, a modalidade chegou ao Brasil nos anos 1990, ainda que tenha sido criada na década de 1940, em um cenário de guerra em Israel. As técnicas foram desenvolvidas e depois amadurecidas por grupos de defesa militar, sendo liberadas posteriormente à população israelense. Somente em 1987 o Krav Magá foi permitido para fora de Israel. “É importante ressaltar que o supervisor, Grão Mestre Kobi, é também israelense e foi aluno direto do criador do Krav Magá”, lembraram Gerson e Rodrigo.

TÉCNICAS

As técnicas do Krav Magá são simples, rápidas e objetivas, baseando-se em movimentos naturais do corpo humano e atingindo pontos sensíveis do corpo do agressor, de modo a incapacitá-lo. “Os golpes são potentes e eficazes, e não requerem força bruta para que o aluno consiga livrar-se do agressor”, explicaram os instrutores.

Rodrigo comentou sobre as etapas das aulas, que duram cerca de 1 hora. “Começamos com o aquecimento, seguido da técnica, onde são repassados os detalhes e o passo a passo, para, enfim, irmos para a parte prática, onde os alunos são geralmente colocados em duplas ou em grupos maiores para que simulem vários tipos de ataques e defesas”, afirmou.
Gerson e Rodrigo indicaram ainda que após 6 meses de treinos regulares o aluno já consegue sentir diferença, tendo mais condicionamento físico e autoconfiança.
Vale lembrar que qualquer pessoa pode praticar Krav Magá, sendo homem ou mulher, idoso, adulto ou criança. “É preciso saber se defender sem medo, ainda mais na sociedade violenta em que vivemos”, ressaltaram.

AULAS

As aulas acontecerão as terças e quintas-feiras, na academia localizada na rua Miguel Bertolino Pizzato, número 1118, bairro Iguaçu, com turmas às 18h, 19h e 20h.

O Centro de Krav Magá do Paraná, unidade Araucária, oferece planos anuais e convênios para descontos nas mensalidades. “O aluno pode também marcar uma aula experimental sem nenhum custo”, apontou Rodrigo.

Mais informações pelo telefone 3552-5556 ou 99712-0874.

Texto: Rafaela Carvalha

Publicado na edição 1142 – 06/12/18

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*