Home / Notícias / Comercial / Cerveja para todos os gostos

Cerveja para todos os gostos


Mais de 120 rótulos de cervejas foram oferecidos a preços subsidiados para os visitantes

Mais de 120 rótulos de cervejas foram oferecidos a preços subsidiados para os visitantes

Duas cervejas da microcervejaria araucariense Wensky Beer foram premiadas na sexta edição da South Beer Cup, importante concurso sul americano de cervejas artesanais que fez parte do Festival Paranaense de Cervejas Artesanais que, por sua vez, ocorreu entre os dias 9 e 12 de junho, no Museu Orcar Niemayer, em Curitiba.

Com uma organização primorosa, o festival teve uma intensa programação voltada ao mundo das cervejas artesanais. Trouxe palestras de mestres cervejeiros de várias partes do mundo para falar sobre diversas técnicas de produção e gestão no setor, tendências, enfim, gente que entende do assunto. Também contou com visitas a cervejarias de Curitiba e região metropolitana. Atraiu visitantes provenientes do Brasil e da América Latina, colocou Curitiba no calendário anual de eventos cervejeiros e teve, é claro, muita cerveja. “Fizemos questão de fazer um evento de alto nível, com foco na organização. Conseguimos trazer profissionais consagrados do mercado, inclusive de fora do país, para compartilhar experiências com os empreendedores e amantes da cerveja, mas também preparamos uma festa bonita para os visitantes terem a chance de conhecer novas cervejas”, disse Luciano Wengrzinski, da Wensky Beer, e também presidente da Procerva, entidade responsável pelo evento.

Sabores sem fim

No total, foram oferecidos mais de 120 rótulos de cervejas artesanais produzidos por 44 cervejarias dos estados do Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo: Asgard (PR), Babel (RS), Bastards Brewery (PR), Bier Hoff (PR), Bodebrown (PR), Bonato (PR), Cathedral (PR), Cerveja Blumenau (SC), Baldhead (RS), Elementum (RS), Itajahy (SC), Königs Bier (SC), Küd (MG), Maniba (RS), Seasons (RS), Suméria (SP), Das Bier (SC), Dead Dog (RJ), DUM (PR), F#%*ing Beer (PR), Gauden (PR), Gobe Brew (PR), Insana (PR), Irmãos Ferraro (RS), Jokers (PR), Klein (PR), Lake Side (RS), Maniacs Brewing Co. (PR), Mea Culpa (SP), Morada Cia Etílica (PR), Ogre Beer (PR), ONER (PR), Pagan (PR), Palta (PR), Providência (PR), Queen’s (PR), Raridade Cervejas (PR), Swamp (PR), Cerveja Tormenta (PR), Tupiniquim (RS), Way Beer (PR), Wensky (Araucária/PR) e Zapata (RS).

Em eventos como esse os visitantes vão provando vários tipos para conhecer as novidades. Para deixar tudo mais prático a organização ofereceu as cervejas em doses de 150 ml com preços subsidiados especialmente para o festival variando entre R$ 3, R$ 5 e R$ 7, conforme a graduação alcoólica. Para quem aprecia esse tipo de cerveja a coisa foi quase como um playground, de tanta variedade.

Mercado aquecido

Nos últimos anos as cervejarias artesanais vem conquistando um espaço cada vez maior no mercado brasileiro e internacional. Isso pode ser comprovado pelo grande número de rótulos e estilos que começam a aparecer em bares e restaurantes, nas prateleiras dos supermercados, de lojas especializadas e nos eventos gastronômicos. Em meio a esse movimento a capital paranaense, incluindo aí sua região metropolitana, se tornou referência no país por conta da multiplicação das microcervejarias, e a reco­nhecida qualidade das cervejas aqui produzidas colocaram a cidade na rota de profissionais e apreciadores da bebida.

O movimento tem se fortalecido tanto que em 2012 as microcervejarias do estado fundaram a Procerva – Associação das Microcervejarias do Paraná, que tem feito várias ações, entre elas o Festival ocorrido no último final de semana e trazendo pela primeira vez à Curitiba a South Beer Cup.

A festa contou também com a participação de grandes nomes da gastronomia paranaense que ofereceram pratos especiais. No externo, foram oferecidos sanduíches especiais, pizzas e hambúrgueres. Para completar o evento, as bandas Gaiteiros de Lume, Lucas Sgreccia & The Old Dogs e Lenhadores da Antártida animaram o público com música celta e o melhor do rock, com versões autorais e grandes clássicos do gênero.

Araucária fazendo bonito no meio de feras da cerveja

Luciano recebe a premiação das duas cervejas (detalhe) da Wensky

Luciano recebe a premiação das duas cervejas (detalhe) da Wensky

Dentro do Festival Paranaense de Cervejas Artesanais aconteceu a premiação da 6ª edição do South Beer Cup, principal concurso de cervejas artesanais da América do Sul, que ocorreu pela primeira vez na capital paranaense após passar por cidades brasileiras e argentinas. A edição curitibana da premiação foi a maior de todos os tempos. De acordo com números da organização, foram 215 cervejarias inscritas, vindas de nove países: Argentina, Brasil, Chile, Costa Rica, Equador, Paraguai, Peru, Porto Rico e Uruguai.
Rigoroso e muito bem organizado, com juízes brasileiros e de outros países, reconhecidos no meio, o concurso concedeu medalhas de ouro, prata e bronze para cada uma das categorias, que foram separadas pelos estilos de cerveja.

A Wensky Beer, microcervejaria araucariense também participou da competição e conseguiu duas medalhas, uma de prata com sua Baltic Porter e uma de bronze para sua Drewna Piwa. “Estamos muito satisfeitos pelo resultado obtido, a considerar que disputamos com cervejarias de toda a América Latina. Podemos dizer que Araucária tem não só produz cerveja, mas cerveja de qualidade reconhecida e premiada interncionalmente”, comemora Luciano Wengrzinski, proprietário.

Texto: Carlos do valle / fotos: carlos do valle

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*