Jornal O Popular participa de congresso e é sorteado com prêmio direto de Palmas | O Popular do Paraná
Home / Notícias / Comercial / Jornal O Popular participa de congresso e é sorteado com prêmio direto de Palmas

Jornal O Popular participa de congresso e é sorteado com prêmio direto de Palmas

 

O jornal O Popular participou do 25° Congresso da Associação de Jornais do Interior do Paraná (Adjori-PR), que aconteceu no Plaza Ecoresort Capivari, em Campina Grande do Sul, entre os dias 15 e 17 de setembro. O evento reuniu representantes de mais de 30 jornais do Estado e ao fim do evento, jornais representando municípios diversos participaram de um sorteio. O Popular ganhou como prêmio um dos itens que é referência em Palmas, sudoeste do Estado, e bastante produzido na região.

Palmas é o município com maior produção de maçãs, produto trazido e sorteado no evento. Na década de 1990 chegou a ter 1200 hectares plantados que geravam movimentação financeira próxima a R$ 105 milhões por ano, em valores atuais. O tempo passou e a realidade foi sendo modificada radicalmente. Hoje Palmas planta cerca de 390 hectares que geram produção próxima a 13 mil toneladas ao ano que proporcionam movimentação financeira próxima a R$ 33 milhões.

Em Palmas, existem famílias que atuam no segmento, pois sabem de seu potencial e entendem que a maçã é um investimento para quem pensa no médio e longo prazo. Afinal, o produto começa a render a partir do terceiro ano e alcança plenitude a partir do quinto ano. Tem, porém, vida útil próxima a 25 anos, momento que precisa de renovação e reinvestimento.

De acordo com o produtor e empresário Deoclecir Marin, a maçã carrega a vantagem de não ser uma cultura de modismo ou de altíssimo risco produtivo, como aquelas que dão muito dinheiro de uma hora para outra e depois quebram o produtor. “É uma cultura que oferece um ganho médio contínuo. Oferece rentabilidade satisfatória e mais segurança”, afirmou.

Na safra deste ano, a produção superou as expectativas dos produtores de Palmas. O volume de frutos, das qualidades fuji e gala, ultrapassou a casa das 14 mil toneladas, duas a mais que o total previsto no início do ano. O bom desempenho do cultivo é resultado do inverno rigoroso do ano passado.

Vale ressaltar que as maçãs produzidas em Palmas, são consumidas nos mercados do Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, entre outros.

 

Texto: Redação e assessoria / Foto: Marco Charneski

Sobre Redação

Redação

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu endereço de email não será publicado. Os campos requiridos são marcados com *

*