Home / Notícias / Cultura / A Morte Te Dá Parabéns volta às telas e promete novidades no terror

A Morte Te Dá Parabéns volta às telas e promete novidades no terror

Foto: divulgação

 

Os slasher movies eram muito populares nos anos 90, clássicos como Halloween e Sexta-Feira 13 ajudaram a impulsionar e, sobretudo, saturar o subgênero. Neste fim de semana, A Morte Te Dá Parabéns, volta às telas e promete um pouco de novidade para este universo, e tem potencial para animar quem já não acreditava no resgate dessa categoria.

A Blumhouse, conhecida pela produção dos fenômenos “Fragmentado” e “Corra”, há dois anos, presenteou o público com o longa A Morte Te Dá Parabéns. Parecendo despretensioso e só mais um filme genérico, o trabalho de Christopher B. Landon, agradou tanto os espectadores, que era inevitável a chegada de uma sequência.

Sendo, sem dúvidas, um filme diferente, que quebra alguns paradigmas já estabelecidos tanto no subgênero, quanto na própria mitologia da série, a novidade está na escolha da narrativa, sai o suspense do longa anterior, entra a ficção científica. Com os mesmos nomes criativos de antes, a comédia com muito sangue e mortes bizarras segue firme durante toda a exibição, porém, com algumas significativas mudanças.

Sendo uma grata surpresa desde o primeiro filme, a trajetória da protagonista Tree (Jessica Rothe) é divertida, emocionante e gostosa de assistir. Deixando gancho para novas continuações, o filme tem potencial e conta com bom roteiro, direção e um elenco com muito entrosamento e carisma, gerando identificação e a possibilidade de uma grande surpresa nas bilheterias.  Existe a necessidade de assistir ao longa anterior, uma vez que, todos os eventos estão ligados.

Leia a sinopse

Depois de morrer diversas vezes para quebrar o feitiço temporal que a mantinha presa no dia de seu aniversário, Tree Gelbman (Jessica Rothe) olha para o futuro, tentando escrever uma nova história ao lado de Carter (Israel Broussard). No entanto, quando um experimento científico dá errado, a jovem é forçada a retornar ao fluxo de repetição e, desta vez, morrer não será o bastante para escapar.

Veja o trailer

Sobre Katty Ferreira

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*