Home / Notícias / Cultura / Direto das profundezas dos sete mares, Aquaman invade as telonas

Direto das profundezas dos sete mares, Aquaman invade as telonas

Foto: divulgação

 

Depois de muitos erros, o universo estendido da DC Cosmics nos cinemas parece ter finalmente acertado. Com a distribuição feita pela gigante Warner Bros, o mais novo longa deste universo era desacreditado por uma legião de fãs. Aquaman, um herói menor, se comparado as tentativas anteriores do estúdio, pode ser a salvação para o universo.

Com direção de James Wan, veterano em filmes de terror de baixo orçamento como Jogos Mortais e Invocação do Mal, é quem conduziu o projeto arriscado. Possuindo um grande investimento, o filme tem cenas de tirar o fôlego, mesmo que grande parte das cenas seja de imagens geradas por computador CGI.  A apresentação do mundo subaquático é feita de forma magnífica, pois é lá onde se passará grande parte da história de Arthur Curry, o Aquaman.

Apresentando um roteiro simples e já conhecido no universo de super-heróis, a origem do herdeiro ao trono de Atlântida, vivido por Jason Momoa, é pouco inventiva, mas consegue trazer a essência dos quadrinhos para as telas, algo importante não só para os fãs, mas tambémvpara o estúdio.

Deixando de lado o sombrio Zack Snyder, o novo longa é cheio de cores e traz a energia necessária para mover a história sem cansar o espectador. Mesmo com falhas no roteiro e na química do casal, as motivações do galã são incríveis, e as ações de cada personagem tem  impacto, os momentos de ação fazem valer a pena assistir em 3D.

Aquaman é um trabalho inspirador, mas possui falhas, ainda assim, o filme irá divertir e trará novo fôlego aos fãs da editora. Sem muitas pretensões, a dica ao público é assisti-lo descompromissado, e sem comparações com os filmes anteriores do universo DC.

Sobre Katty Ferreira

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*