Home / Notícias / Cultura / Filme de superação religiosa e romance adolescente estreiam nesta semana

Filme de superação religiosa e romance adolescente estreiam nesta semana


Foto: divulgação

 

Filmes que tem como tema central a fé ou o romance, facilmente podem cair em clichês cinematográficos se não contarem com uma direção forte e intérpretes carismáticos. Nesta semana,  After e Superação – O Milagre da Fé chegam as telonas com a missão de convencer o público sobre sua qualidade e originalidade.

Desde a adaptação do livro Cinquenta Tons de Cinza para o cinema, algumas obras literárias deste subgênero ganharam notoriedade. After, escrito por Anna Todd, ficou conhecido entre os jovens norte-americanos e não demorou para chamar a atenção dos estúdios.

After possui uma narrativa básica, uma caloura estudiosa e certinha chega à universidade e logo conhece um colega bonito e rebelde, sem demora os dois se apaixonam e intrigas adolescentes separam e unem o casal. Apesar dos personagens serem extremamente atraentes, roteiro e direção são apáticos e tornam a narrativa, além de desinteressante, questionável em vários sentidos, como por exemplo, transformar relacionamentos abusivos em contos de fadas e a falta de perspectivas da juventude.

Leias a sinopse

Tessa Young (Josephine Langford) é uma jovem de 18 anos que acaba de ingressar na faculdade. De roupas recatadas e bastante ingênua, ela é apresentada ao mundo das festas através de sua colega de quarto, Steph (Khadijha Red Thunder), bem mais liberal. Logo conhece Hardin (Hero Fiennes Tiffin), um jovem rebelde que renega o amor, apesar de ter lido os principais romances sobre o tema. Aos poucos, os dois se aproximam, iniciando uma ardente paixão.

Veja o trailer

Longas que envolvem fé e religião normalmente caem em clichês de gênero e acabam sendo um fracasso de bilheteria e crítica. Superação – O Milagre da Fé conta com um elenco conhecido e talentoso, além disso, possui um trunfo poderoso, a história é baseada em fatos reais.

Mesmo com um roteiro um pouco fantasioso para aqueles que não compartilham da mesma fé, o filme é balanceado e emociona em muitos momentos, no entanto, a personagem de Chrissy Metz, a matriarca da família, rouba a cena e praticamente carrega a narrativa sozinha. Trabalhando com elementos do drama e da biografia, o longa toma liberdades criativas questionáveis, mas nada que comprometa seu envolvimento emocional. A diretora Roxann Dawson, surpreende por ser habilidosa e deixar de lado o lugar comum nos momentos de milagre e descrença, presentes no filme.

Leia a sinopse

John Smith, um menino de 14 anos, passeava com a família em uma manhã de inverno no Lago St Louis, no Missouri, quando, acidentalmente, sofreu uma queda e se afogou. Chegando ao hospital, John foi considerado morto por mais de 60 minutos até que sua mãe, Joyce Smith, juntou todas as suas forças e pediu a Deus para que seu filho sobrevivesse. Sua prece poderosa foi responsável por um milagre inédito.

Veja o trailer

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*