Home / Notícias / Esporte / Ed Casagranda fará parte de nova equipe de paravôlei em 2019

Ed Casagranda fará parte de nova equipe de paravôlei em 2019


Ed Casagranda já foi apresentado no novo clube. Foto: divulgação

 

O paratleta Ediandro Casagranda está de casa nova em 2019. Até o ano passado Ed, como é conhecido na cidade, fazia parte da seleção de paravôlei do Circulo Militar. Depois de um 2018 cheio de resultados positivos na carreira do atleta surgiu o convite para integrar um novo time, o Instituto de Promoção do Paradesporto, IPP Brasil.

A equipe é formada por jogadores experientes convocados para a seleção brasileira de paravôlei há anos. Animado, Casagranda conta que está ansioso para estrear e enfrentar mais esse desafio. “A expectativa de treinar nesta nova equipe é gigante. É um time que sempre está colocado entre os três melhores do Brasil. Será um desafio conseguir a titularidade para jogar nas principais competições, já que o IPP Brasil participa de competições nacionais do mais alto nível”, afirma.

Entre os desafios citados por Ed está a forma física, o paratleta conta que terá que eliminar quase 20 quilos para estar com um peso que irá proporcionar mais agilidade nas quadras. Por esse motivo, a dieta começou cedo. “Já nesse início de ano perdi 3 quilos, meu objetivo é treinar o máximo que conseguir para render mais do que o esperado. Quero ter visibilidade e aproveitar essa oportunidade que estou tendo de integrar um grande time”, conta.

O IPP Brasil oferece uma estrutura completa para seus jogadores. Eles contam com avaliações físicas regulares, oferecem bolsa atleta para ajudar financeiramente, além de cobrar de seus atletas muita disciplina, o que inclui pontualidade e assiduidade nos treinos.

Casagranda foi apresentado na equipe ainda em dezembro e já fez dois treinos. No próximo dia 22 de janeiro o time retorna das férias e começa a preparação para um ano com várias competições, entre elas as quatro etapas do regional Sul de Paravôlei, o PARAJAPS, que acontece em novembro, e o Brasileiro série Ouro, marcado para dezembro. “Eu vou treinar muito. Quero realizar meu sonho de chegar à Seleção Brasileira de Paravôlei e disputar as olimpíadas, esse é meu foco”.

Texto: Danielle Peplov

Publicado na edição 1145 – 10/01/19

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*