Semana Municipal de Capoeira foi show | O Popular do Paraná
Home / Notícias / Esporte / Semana Municipal de Capoeira foi show

Semana Municipal de Capoeira foi show

Evento culminou na gravação de um vídeo clipe

 

Palestras, troca de informações, bate-papos e muita ginga. Esta foi a tônica da 1ª Semana Municipal da Capoeira, promovida pela Associação de Capoeira Show Araucária, que aconteceu no final de semana, dias 2 a 5 de março e reuniu mais de 300 pessoas. Além de capoeiristas da cidade e da região, também participaram praticantes do esporte do Chile.

O evento foi descentralizado, com atividades em colégios, no Parque Cachoeira e no Centro de Treinamento do grupo. Teve aula recreativa, atividades de capoeira para crianças, apresentação de capoeira angola, apresentação de jogo ou dança, roda com convidados e participantes das oficinas, e samba. Encerrando a semana, na segunda-feira, dia 5, teve a gravação de um vídeo clipe que será utilizado pela associação para divulgar suas atividades na mídia.

“O resultado superou nossas expectativas. Iniciamos na sexta-feira com atividades nos colégios para divulgação da Semana Municipal.   As metodologias repassadas pelos oficineiros nos proporcionaram muito conhecimento, principalmente durante as aulas para as crianças, que é o foco do nosso trabalho. Tivemos aulas de capoeira angola e em todos os dias aconteceram apresentações de samba, exaltando nossa cultura popular. Foi muito aprendizado e muita experiência adquirida. E para fechar ainda recebi uma homenagem de alunos, amigos, familiares e de todos os capoeiristas presentes”, analisou o contramestre Canarinho, um dos organizadores do evento.

Os oficineiros também elogiaram o evento, como o contramestre Xandão, de São Paulo. “Aprendi que o trabalho em equipe funciona, que a capoeira é um instrumento muito forte para apresentação. Aprendi que preciso me dedicar mais a essa parte da capoeira espetáculo, e que sempre é possível reverter o quadro e colocar a capoeira em um patamar mais alto. Voltei pra casa muito inspirado com este evento”.

O professor Chicletes, de Curitiba, destacou que a organização de eventos culturais e esportivos como esse devem ser implantados em todas cidades do nosso país, oportunizando profissionais e praticantes da capoeira. “Em particular, ministrei uma oficina sobre Capoeira Infantil, afirmando que se as escolas acreditarem no potencial de desenvolvimento que ela (capoeira) é capaz de trazer para uma criança, teremos cidadãos do bem no futuro”.

Da mesma opinião compartilha o contramestre Messias, do Rio de Janeiro, que agradeceu o convite e elogiou o evento. “Foi de muita valia, reconhecimento, divulgação da capoeira e suas vertentes. Foram dias de muito aprendizado, trocas de saberes e muita camaradagem, confesso que voltei com a bagagem cheia. Essa iniciativa do contramestre Canarinho contemplou alunos de escolas públicas, moradores de modo geral, possibilitou que a cidade de Araucária sirva de modelo para outras cidades do Brasil e do mundo, pois tiveram capoeiristas de diversas regiões do país e de outros países. Pude comungar também de um encontro feminino organizado pelas capoeiristas multiplicadoras de Araucária, com workshops ministrados por elas com temas super pertinentes para melhoria e condução do futuro da capoeira”, comentou.

Agradecimento

Canarinho agradeceu aos patrocinadores Assessoria da Juventude do Estado do Paraná e ID Jovem, SMEL, Pratense, Sol Panificadora, Beto’s, Mix Pizzaria, Raksa, Açougue Bela Vista,   Guinho G2, Serralheria JR, Eluz, Hotel San Gabriel. “Agradecemos também a cobertura do Jornal O Popular, Capoeira News, Capoeira Movies e Victor Lovato”, acrescentou.

 

A vez das mulheres

Mulheres também tiveram seu momento na Semana de Capoeira

Ainda como parte do evento, no domingo, dia 4, a programação foi especial para as mulheres, com o Ginga Mulher, que teve oficina de samba, roda de capoeira, oficina de movimentação e de interações e movimentos. Segundo a equipe de organização, o encontro destacou a representatividade da mulher na capoeira, mostrando sus conquistas ao longo do tempo. E também foi interessante pela presença de três convidadas de Curitiba, que ministraram palestras: a mestra de capoeira Shaolin, com a aula de samba; contramestre Sereia, com interações e movimentos; e instrutora Sheirosa, com movimentação.

A organização também agradeceu os patrocinadores do evento Autopeças Araucária, Açougue Bela Vista, Sol Panificadora e Restaurante Costelão (Archelau) e SMEL.

 

 

Fotos: Victor Lovato e divulgação

Publicado na edição 1103 – 08/03/2018

Sobre Redação

Redação

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu endereço de email não será publicado. Os campos requiridos são marcados com *

*