Home / Notícias / Geral / Ação Global: Mutirão de saúde deve superar marca de 4.300 atendimentos em fevereiro

Ação Global: Mutirão de saúde deve superar marca de 4.300 atendimentos em fevereiro

Foto: Marco Charneski

 

Com o objetivo de colocar em dia as consultas de especialidades, cirurgias e exames, a Prefeitura de Araucária, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMSA), está realizando o “Ação Global”. O mutirão de saúde deve superar a marca de 4.300 atendimentos em fevereiro. Os usuários que aguardam atendimento estão sendo chamados conforme as informações de contato que deram na unidade básica de saúde.

De acordo com a SMSA, em dezembro de 2018 foram realizados 414 atendimentos e em janeiro de 2019 foram 1.321 (entre consultas, exames e cirurgias). A programação é para que em fevereiro ocorram 2.609 atendimentos. Somente a área de oftalmologia, de dezembro de 2018 ao fim de fevereiro de 2019, totalizará 1.135 atendimentos. Na neurologia, outra área de grande demanda, já ocorreram 200 atendimentos. Na ortopedia já aconteceram 185 atendimentos e na urologia (até o fim de fevereiro) serão 405.

Neste mês de fevereiro, o destaque dos atendimentos está para a ecografia de estruturas (pernas, braços) com 411 exames previstos (além dos 80 de janeiro). O eletrocardiograma infantil serão 275 exames. A ecografia de tireoide terá 153 atendimentos e, conforme a SMSA, colocará fim à fila que existia. Outro procedimento que terá a fila zerada em fevereiro é a angiotomografia. Outras especialidades e exames também estão ocorrendo.

A grande maioria dos atendimentos está ocorrendo no Hospital Municipal de Araucária (HMA), em parceria com o Instituto Vida e Saúde – instituição que administra o HMA. A Prefeitura investirá mais de R$ 3,5 milhões ao longo de seis meses, além do valor que já repassa mensalmente para custeio do HMA.

Cadastro

A convocação dos usuários que aguardam atendimento está ocorrendo com base nos contatos que constam no cadastro das unidades básicas. A SMSA orienta que todos que aguardam por atendimento entrem em contato com a unidade básica de saúde onde são atendidos para verificar se as informações de contato estão atualizadas.

De acordo com a Saúde, o contato para confirmação do atendimento no mutirão tem ocorrido por mais de uma vez; tanto a UBS quanto o HMA têm realizado telefonemas para os usuários convocados. Dados de contato desatualizados ou ausências não informadas com antecedência à Saúde podem comprometer o atendimento e, por consequência, dificultar a redução da espera.

Texto: assessoria

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*