Home / Notícias / Geral / Adolescentes precisam receber a 2ª dose da vacina contra o HPV para garantir proteção

Adolescentes precisam receber a 2ª dose da vacina contra o HPV para garantir proteção


Foto: arquivo

 

No segundo semestre de 2018, a Prefeitura de Araucária, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMSA), intensificou nas escolas a vacinação de adolescentes (meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos) contra o vírus HPV, responsável por diversos tipos de câncer. Mas é importante lembrar que há necessidade de receber a 2ª dose da vacina a partir de 6 meses da primeira dose. Os adolescentes, pais e responsáveis devem ter ciência de que a proteção efetiva só ocorre com a 2ª dose.

A vacina contra o HPV está disponível em todas as unidades básicas de Araucária. Conforme o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), a proteção, por meio da vacinação, é um direito da criança e do adolescente; direito que cabe aos pais e responsáveis zelar pelo seu cumprimento. Não esqueça de levar a carteira de vacinação quando for a uma unidade básica de saúde para tomar a 2ª dose.

Existem aproximadamente 200 tipos de HPV e mais da metade da população vai entrar em contato com algum desses tipos de vírus HPV em algum momento da sua vida. Este vírus também pode ser transmitido para o feto durante a gravidez ou ao bebê durante o parto. O câncer de colo de útero é o 2º mais frequente na mulher (são estimadas mais de 200 mil mortes ao ano no mundo). No caso dos homens, eles podem ter o vírus HPV e não apresentar sintomas; mas podem, mesmo assim, transmitir o vírus.

Desde 2014, Ministério da Saúde passou a disponibilizar, via Sistema Único de Saúde (SUS), a vacina contra o vírus HPV. O preço da vacina contra o HPV em estabelecimentos particulares pode chegar perto dos R$ 500,00 mas pelo SUS é de graça. Esta vacina protege contra os tipos de vírus HPV que representam maior ameaça à saúde (vinculados ao surgimento de verrugas genitais e aos cânceres).

Em caso de dúvidas sobre a vacina, os profissionais da unidade básica de saúde mais próxima da residência podem esclarecê-las.

Texto: PMA

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*