Home / Notícias / Geral / Agência do Trabalhador qualifica mão de obra local

Agência do Trabalhador qualifica mão de obra local


Foto: Everson Santos

 

Com o objetivo de promover a qualificação dos trabalhadores para que consigam uma oportunidade no mercado de trabalho, a Prefeitura de Araucária, através da Secretaria Municipal do Trabalho e Emprego, está com vários cursos em andamento na Agência do Trabalhador/Sine e, em breve, abrirá novas turmas. Os cursos são realizados em parceria com o Instituto Federal do Paraná – IFPR e são gratuitos. A idade para participar é a partir de 14 anos.

Segundo a SMTE, a proposta não é ofertar apenas vagas de emprego, já que nem sempre as mesmas são preenchidas em função da falta de mão de obra qualificada. “A preocupação da administração é preparar o trabalhador para ocupar as funções que hoje estão disponíveis no mercado, porque acontece muito de as empresas nos procurarem para indicar candidatos para determinada vaga, e não termos no nosso cadastro, pessoas qualificadas para tal”, explica o secretário do Trabalho, Josué Ribeiro de Lima.

Segundo ele, os cursos pretendem mudar a realidade que o Sine vive hoje, quando atende em média 2.400 trabalhadores por mês, faz o encaminhamento para as empresas, mas muitos acabam não não preenchendo os requisitos exigidos. “Além disso, enfrentamos outro tipo de problema, que são os trabalhadores qualificados que não fazem o cadastro, mas esperam que o Sine vá atrás quando surgem vagas”, lamentou Josué.

Cursos

Atualmente estão em andamento os cursos de Técnico em Administração, Técnico em Segurança do Trabalho, Técnico em Logística e Técnico em Meio Ambiente, totalizando 320 alunos. Em janeiro deste ano também foi ofertado o curso de Cuidador de Idosos, com a participação de 23 pessoas, e em maio, iniciou o curso de Aplicador de Cerâmica, com um total de 12 alunos.

No próximo dia 10 de junho serão abertas as inscrições para os cursos de World, Windows e Excel. “São vários cursos que o Município oferece gratuitamente, mesmo assim, a procura por parte dos trabalhadores fica abaixo do esperado. Em 2018, por exemplo, oferecemos vários cursos de Informática e, do total de inscritos, muitos acabaram desistindo, realidade que também precisa ser mudada”, completou o diretor geral da SMTE, Alex Sandro Souza.

Mais informações sobre os cursos poderão ser obtidas através do telefone 3643-4315.

Texto: Maurenn Bernardo

Publicado na edição 1165 – 30/05/2019

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*