Home / Notícias / Geral / Araucária investe em tecnologia na educação

Araucária investe em tecnologia na educação

Foto: divulgação


 

A rede municipal de ensino de Araucária tem chamado atenção dos municípios vizinhos desde que passou a agilizar seus processos com o auxílio da tecnologia. Passaram a receber até pedidos de visitas com o intuito de conhecer como estão funcionando os projetos, como o sistema virtual para vagas nas unidades educacionais. Algumas das iniciativas serão apresentadas nesta quinta-feira, 7 de fevereiro, para prefeitos, gestores e vereadores durante o III Fórum de Cidades Digitais da RMC, em Fazenda Rio Grande.

Disponibilizando o acesso via internet, a central de cadastramento ameniza o tamanho das filas formadas e faz com que não se demande tanto dos servidores, que antes lidavam com uma maior quantidade de pessoas buscando atendimento, além das ligações recebidas. “Filas enormes não são algo positivo. Nem para os servidores, porque se desgastam muito, nem para a população, que muitas vezes fica exposta”, observa a coordenadora de Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) da Secretaria Municipal de Educação de Araucária, Stella Bello. Na fila virtual, alunos com necessidades especiais possuem prioridade e ao invés de funcionar por ordem de chegada como na fila física, passam a ser de acordo com o contexto social.

A inovação passou a existir também no transporte escolar após a implantação do Educard com reconhecimento facial. Todo ano os estudantes atualizam suas biometrias faciais junto ao cartão do programa de forma rápida pelo sistema que permite renovação com breve confirmação de dados, além de novos cadastros. Em 2019, passou a existir também a possibilidade de agendamento online, já que em 2018 mais de 8 mil pessoas procuraram o serviço presencialmente.

Fim do papel

Com o Google for Education, cronogramas antes disponíveis em formato pdf e muito requisitados pelos pais em versão impressa, colados nas agendas dos filhos, agora estão na internet, contendo, por exemplo, o cardápio da merenda escolar.

A coordenadora de TIC adianta que os próximos passos na Educação do município é investir mais na formação dos professores, visando capacitá-los para a inclusão digital acontecer de forma completa nas escolas e incentivá-los a criar projetos que auxiliem no aprendizado.

Publicado na edição 1149 – 07/02/2019

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*