Home / Notícias / Geral / Audiências Públicas foram determinantes na construção das propostas para o Plano Diretor de Araucária

Audiências Públicas foram determinantes na construção das propostas para o Plano Diretor de Araucária

As audiências foram conduzidas por técnicos da prefeitura e pela empresa contratada para revisar o plano, a Urbetc. Foto: Carlos Poly

 

EDIÇÃO ESPECIAL DE ANIVERSÁRIO – 129 ANOS

De março do ano passado até o inicio de fevereiro deste ano, quatro audiências públicas aconteceram para discutir a revisão do PDA e no próximo dia 20 de fevereiro acontece a última audiência pública.

Apontada por técnicos da prefeitura como um importante instrumento na construção do plano, essas discussões com a comunidade trouxeram os diagnósticos de cada região da cidade, a maioria deles já confirmados nos estudos preliminares feitos pela Urbetc, empresa responsável pela elaboração do Plano Diretor de Araucária.

A primeira audiência aconteceu no dia 28 de março na Câmara Municipal de Vereadores com objetivo de apresentar à população e seus representantes as principais diretrizes e a importância do Plano Diretor. O evento foi conduzido pela Secretaria Municipal de Planejamento de Araucária, e pela equipe técnica da empresa Urbetc Engenharia, Planejamento e Consultoria. Ao apresentar aos moradores o que é o PDA foi reafirmado que a o desenvolvimento sustentável do município nos âmbitos habitacionais, de saneamento, mobilidade, transporte público e questões ambientais passam pela elaboração do plano.

A segunda audiência pública aconteceu no dia 12 de setembro, também na Câmara Municipal. Nessa oportunidade, após realizadas várias oficinas técnicas comunitárias nos bairros do município, foram apresentados os resultados da Análise Temática Integrada.

“Pudemos observar que a demanda que vem da população é de forma individual. Temos várias realidades dentro de um município. Pessoas que moram na região mais central de Araucária trouxeram questões referentes, por exemplo, a iluminação pública, calçadas irregulares. São pessoas que já têm uma estrutura básica e, por esse motivo, outras preocupações. Do outro lado temos no Capela Velha pessoas em vulnerabilidade social, então a grande demanda são por coisas básicas, a preocupação ali é com a região como um todo. As audiências acrescentaram muito. Nós enquanto Secretaria Municipal de Planejamento fazemos uma leitura técnica, trabalhamos com dados e estatísticas e somamos com esse dia a dia da população que tem uma outra visão, eles vivem a cidade, então uma coisa complementa a outra”, comenta a coordenadora do plano Natália Cabrita.

A terceira audiência pública aconteceu no dia 28 de novembro e já apresentou aos participantes as principais diretrizes para o desenvolvimento do município de Araucária.

Já a quarta audiência ocorreu no mês passado, no dia 17 de janeiro, no Centro Dia Idoso. Os presentes puderam questionar e esclarecer dúvidas sobre temas relativos ao trabalho de revisão que vem sendo desenvolvido. Segundo a organização, mais de 100 pessoas participaram do evento proposto pela Equipe de Coordenação após perceberem o grande interesse dos moradores.

O trabalho de revisão do Plano Diretor de Araucária envolve desde o inicio dos trabalhos a população (que participa de oficinas comunitárias e audiências públicas) e técnicos da Prefeitura (que contam com oficinas técnicas e reuniões internas) em várias etapas: do diagnóstico à elaboração de propostas.

Após a última audiência que acontece dia 20 de fevereiro, em março será realizada uma Conferência Pública do Plano Diretor.

Texto: Danielle Peplov

Sobre Katty Ferreira

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*