Home / Notícias / Geral / Construtoras aguardam conclusão do Plano Diretor para investir em empreendimentos de alto padrão e edifícios

Construtoras aguardam conclusão do Plano Diretor para investir em empreendimentos de alto padrão e edifícios

Atualmente as construções que apresentam maior demanda e estão espalhadas por Araucária são voltadas, em sua maioria, para as classes B e C. Foto: Marco Charneski

 

EDIÇÃO ESPECIAL DE ANIVERSÁRIO – 129 ANOS

A finalização da revisão do Plano Diretor de Araucária e as mudanças relativas a zoneamento e ocupação estão sendo acompanhadas e aguardadas por construtoras que investem na cidade.

Os construtores acreditam no potencial do mercado imobiliário, mas esperam as novas diretrizes para direcionar seus empreendimentos.

Atualmente, as construções espalhadas por Araucária são voltadas, em sua maioria, para as classes B e C, que, segundo os responsáveis por construtoras que atuam na região, apresentam maior demanda.

São condomínios com casas pequenas, ou apartamentos divididos em vários blocos. De acordo com Vanderley Ribeiro, sócio administrador da VKR Empreendimentos, esse é o cenário atual no mercado imobiliário araucariense. “Ao longo dos anos e consoante com as tendências de mercado a empresa estabeleceu um planejamento de obras focando o mercado imobiliário do município, onde foi identificado pelas características uma forte demanda para imóveis destinados as classes B e C”, afirma.

Hoje os principais empreendimentos da construtora em Araucária são habitações econômicas, como as do programa do governo federal “Minha Casa Minha Vida”, mas com a revisão do PDA a VKR pretende investir em habitações de médio e alto padrão de acabamentos e loteamentos urbanos. “Os projetos em andamento estão moldados para atender o programa Minha Casa Minha Vida, atendendo famílias com faixa de renda a partir de R$ 1.600,00. Com base em pesquisas, concluímos que esse tipo de empreendimento atende a base da pirâmide sócio econômica da cidade. Já projetamos um potencial de crescimento de domicílios de aproximadamente 7511 unidades para o período até 2022, considerando as faixas de renda abrangentes do perfil dos nossos clientes”, explica Vanderley.

A construtora trabalha com um cronograma de obras de 2018-2022, até a finalização do plano estratégico 716 novas unidades no padrão do programa Minha Casa Minha Vida serão entregues em Araucária. No entanto, a revisão do PDA deve trazer novos horizontes no que se refere a empreendimentos na cidade. “Nós temos um banco de terrenos no centro de Araucária. Estamos aguardando a finalização do novo plano diretor do município, onde teremos um substancial aumento do potencial construtivo. Teremos um empreendimento vertical, possivelmente com oito pavimentos, com elevador, em formato de condomínio clube, apartamentos com aproximadamente 50 / 55m² com sacada e churrasqueira na sacada, para atender classe A e B, como primeiro imóvel. Também temos um loteamento, na área central do município, onde pretendemos construir um condomínio fechado de lotes, com uma estrutura de uso comum de excelente qualidade, no formato de condomínio clube, com terrenos variando de 250 a 350m², numa área total privativa de lotes de aproximadamente 36mil m², exclusivamente para atender a classe A do município. Atualmente Araucária não conta com nenhum empreendimento deste formato ou porte, é um novo mercado imobiliário que vamos explorar”, finaliza Ribeiro.

Texto: Danielle Peplov

Sobre Katty Ferreira

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*