Home / Notícias / Geral / Familiares de autistas apelam para que Unimed credencie clínica na cidade

Familiares de autistas apelam para que Unimed credencie clínica na cidade


Foto: divulgação

 

Familiares de crianças e jovens com Transtorno do Espectro Autista – TEA, e que necessitam de Terapia ABA – Análise Comportamental Aplicada, estão na bronca com a Unimed. Isso porque na cidade existe apenas uma clínica especializada nessa modalidade de atendimento, porém, a operadora do plano de saúde se nega a credenciá-la, alegando que existem clínicas próximas que realizam a mesma terapia. Segundo os pais, as clínicas mais próximas estão localizadas em Curitiba. “Temos que nos deslocar cerca 40km quase todos os dias, e considerando que nossas crianças possuem necessidades especiais, é uma tarefa difícil”, comentou Elisete Knapik.

Ela organizou um abaixo-assinado para entregar à Unimed, que circulou pela internet e conseguiu 436 assinaturas de famílias de Araucária e cidades vizinhas. No documento estão expostas as dificuldades enfrentadas pelos pais, argumentando que Araucária possui demanda para este tipo de atendimento, e que a partir do credenciamento da clínica, famílias da Lapa, Contenda, Fazenda Rio Grande e Mandirituba também serão beneficiadas.

“A clínica possui profissionais com formação específica para realizar tratamentos do Transtorno do Espectro Autista, além de tudo, atende crianças e jovens com dificuldade de ensino-aprendizagem clínica e escolar, ou seja, atende vários distúrbios que afetam o comportamento humano em geral. Não entendemos o porquê de a Unimed não fazer o credenciamento”, pontuou outra mãe.

Esclarecimento

Interpelada sobre a questão, a Unimed Curitiba alegou que foi a primeira operadora de planos privados de assistência à saúde do Brasil a autorizar os atendimentos de terapias pediátricas especiais para crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e paralisia cerebral, oferecendo aos seus clientes muito mais do que é exigido pela legislação que regula a sua atividade. Conforme previsto pela ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), a Unimed Curitiba formou uma rede credenciada para garantir a continuidade e a segurança no atendimento aos clientes de Curitiba e municípios da região metropolitana que demandam assistência especializada em terapias pediátricas especiais.

Explicou que para compor a rede, a cooperativa exige dos proponentes o cumprimento de pré-requisitos legais, técnicos e estruturais, tais como: quantidade de terapias disponibilizadas, certificação de que os profissionais possuem qualificação e habilitação para tais atendimentos, locais equipados e apropriados para atendimento individualizado e localização geográfica. Além disso, solicita a todos os prestadores credenciados que, sempre que requerido, apresentem os documentos que atestem a habilitação de seus terapeutas e o cumprimento das cláusulas contratuais.

A Unimed Curitiba disse ainda que mantém-se atenta às conveniências de seus clientes e, na medida do possível, busca satisfazê-las. Contudo, neste momento, a rede credenciada apresenta condições adequadas em relação à suficiência, capacidade e qualidade dos serviços prestados dentro da área geográfica de abrangência e da área de atuação dos produtos. Atualmente, são atendidos aproximadamente 1.100 pacientes em terapias pediátricas especiais e nove clínicas fazem parte da rede credenciada, sendo que cada unidade tem em média 40 terapeutas. Ainda assim, a cooperativa afirmou que constantemente avalia a possibilidade de ampliar o atendimento na sua rede credenciada, com prestadores de serviços capacitados e habilitados.

Texto: Maurenn Bernardo

Publicado na edição 1162 – 09/05/2019

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*