Home / Notícias / Geral / Morte de bugio na área rural será investigada pelo CCZ

Morte de bugio na área rural será investigada pelo CCZ

Bugio foi econtrado por uma moradora na área rural de lagoa Grande. Foto: divulgação


 

A Vigilância em Saúde de Araucária, através do Setor de Endemias, vai tentar descobrir as circunstâncias da morte de um macaco bugio, cujos restos foram encontrados na semana passada em Lagoa Grande, na área rural. O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) examinou a carcaça do animal, mas não foi possível identificar a causa da morte e nem a idade ou sexo devido ao avançado estado de decomposição. O bugio foi encontrado por uma moradora, quando essa cumpria sua atividade rotineira de levar alimentos aos cães da região.

Como não foi possível um diagnóstico, não se sabe se o animal morreu de velho, por alguma doença ou outra causa qualquer. Diante da incerteza, alguns procedimentos estão sendo adotados tanto pelo CCZ, como a abordagem nas propriedades de Lagoa Grande e região para verificar se os moradores viram outros bugios ou se, por acaso, se depararam com animais mortos pelas redondezas. “O objetivo é investigar se há outros exemplares doentes e vestígios da provável causa da morte desse bugio. Até o momento não há relatos de outras ocorrências desse tipo em Araucária. De qualquer forma, o caso foi notificado junto à Secretaria de Estado da Saúde e Ministério da Saúde, por se tratar de morte de animal silvestre ”, afirmou o CCZ.

Se alguém encontrar outro macaco nas mesmas condições, a orientação é notificar o CCZ através do telefone 3901-5286, ou o Setor de Endemias no 3901-5283.

Publicado na edição 1143 – 13/12/18

Sobre Katty Ferreira

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*