Mudança no trânsito na área central confundiu motoristas | O Popular do Paraná
Home / Notícias / Geral / Mudança no trânsito na área central confundiu motoristas

Mudança no trânsito na área central confundiu motoristas

Trecho da rua Paulo Alves Pinto passou a ter mão dupla e inglesa

 

A mudança que a Prefeitura implantou no trecho da rua Paulo Alves Pinto, entre as ruas Professor Alfredo Parodi e a Pedro Druszcz, no Centro, está deixando alguns motoristas confusos. Com a alteração, que começou a valer em 1º de agosto, um dia antes da inauguração da nova unidade do Supermercado Vicari, a Paulo Alves Pinto, que era mão única, passou a ter mão dupla, com mão inglesa. Além disso, a via ganhou um remanso em um dos lados da calçada, para que não fosse retirada a área de estacionamento.

O motorista Marcos de Paula foi um dos que apontou a mudança como duvidosa, porque segundo ele, há riscos de acidentes. Isso porque, se a pessoa estiver dirigindo dentro da lógica do trânsito brasileiro e for fazer uma curva à esquerda quando estiver na Alfredo Parodi ou na Pedro Druscz, para acessar a Paulo Alves Pinto, vai dar de frente com outro veículo, vindo na contramão. “Além da via não comportar, pois ficou extremamente apertada, vai obrigar as pessoas a terem que adivinhar que, a partir de agora, terão que fazer a conversão fechadinha”, argumentou.

Ele reclamou ainda que, se cada empreendimento novo demandar mudanças no trânsito, a situação na cidade pode ficar ainda mais confusa. “É uma mentalidade provinciana, mesmo estando ao lado de uma capital. Muitas cidades têm uma ou outra via com mão inglesa. Curitiba mesmo tem uma ao lado do Passeio Público. Não é esse o problema. A questão é que a instalação desse tipo de via só se dá como último recurso, apenas em casos extraordinários, como última opção possível para que haja fluidez do tráfego, em locais problemáticos o que, sem dúvida nenhuma, não é o caso”, frisou.

Outra motorista, que preferiu não se identificar, disse que a mudança ficou ruim. “Não sei por que a Prefeitura mexeu nas vias, isso só embaraçou a cabeça dos motoristas. Espero que todos consigam se adaptar rapidamente”, falou.

Fluidez

O secretário municipal de Urbanismo, Reginaldo Cordeiro, explicou que o objetivo da mudança é permitir maior fluidez no trânsito, que tende a ficar mais intenso, a partir do novo empreendimento. “Todo crescimento que a cidade recebe, demanda mudanças, e com a abertura de um novo supermercado na região central, onde se concentram vias de grande fluxo de veículos, não poderia ser diferente. Implantamos a mão dupla, com mão inglesa na Paulo Alves Pinto para facilitar a vida dos motoristas. Como a via era estreita, mantemos a área de estacionamento com um remanso em um dos lados da calçada, que era bem larga. Tudo isso foi planejado para melhorar o trânsito naquela área, e não para confundir os motoristas, mesmo porque, existem várias placas de sinalização, para evitar problemas”, esclareceu.

Foto: Everson Santos

Publicado na edição 1125 – 09/08/18

Sobre Redação

Redação

2 comentários

  1. Claro q fizeram essa mudança pra “fluir” o transito por causa do novo empreendimento. Mas podiam ter essa idéia antes né?pq só agira com a inauguração do mercado?e pq só nesta gestão foi asfaltada a marginal em frenre a boate texas e aquele acesso estranho q vamos ser sinceros,em nenhum lugar no mundo existe.aquele no meio da curva que da acesso a rua marcelino jascinski e a rua que só agora nesta gestão foi asfaltada e que por sinal da acesso a um posto de combustíveis cujo dono é bem conhecido ?claro que foi uma ben feitoria asfalta este acesso,pois ajuda e muito a população. Mas pq o dnit só liberou isso agora?ou é irregular ainda?

  2. Só confunde quem não presta atenção em sinalização de trânsito (ou seja, 99% dos motoristas de Araucária).

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu endereço de email não será publicado. Os campos requiridos são marcados com *

*