Home / Notícias / Geral / Obras da Sanepar seguem gerando reclamações entre os consumidores

Obras da Sanepar seguem gerando reclamações entre os consumidores

As obras prosseguem e os consumidores agora questionam se haverá desconto nas faturas. Foto: Everson Santos


 

Para os consumidores que ficaram sem água nos últimos dias, devido às obras que a Sanepar está executando para melhorar o sistema de abastecimento na cidade, geraram muitos incômodos e trouxeram à tona uma questão polêmica: as interrupções serão compensadas com descontos na conta? A Sanepar explica que para os consumidores que gastam a taxa mínima de 5m³, não haverá nenhuma diferença na fatura, e mesmo os que consomem mais, a diferença será quase insignificante, principalmente porque a interrupção durou poucas horas.

A empresa justificou que as paradas que ocorreram em Araucária foram programadas, necessárias para a realização de melhorias no sistema, atingem bairros alternados e são comunicadas previamente, para evitar que os consumidores tenham prejuízos ou outros constrangimentos com a falta de água. Avisou ainda que podem ocorrer paradas emergenciais devido a rompimentos de tubulação e que é importante que os moradores sigam as orientações da Sanepar, de terem reservatório domiciliar (caixa d´água) com capacidade suficiente para atender o número de moradores por 24 horas.

De qualquer forma, de acordo com o Procon Araucária, mesmo que não existam legislações a respeito do assunto, havendo a suspensão no fornecimento do serviço, o consumidor tem o direito de pleitear reparação pelos prejuízos sofridos e requerer o abatimento proporcional dos valores pagos indevidamente na conta ou o ressarcimento do que gastou para suprir a falta de água. “Normalmente a Sanepar especifica na fatura este tipo de serviço, mas se alguém se sentir prejudicado, é só vir até o Procon, com a fatura em mãos, que vamos analisar sua situação”, disse coordenador do órgão no município, Allan Kelvyn da Silva Wotcoski.

Texto: Maurenn Bernardo

Publicado na edição 1149 – 07/02/2019

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*