Home / Notícias / Geral / Pais encontram dificuldades na hora de fazer o Educard

Pais encontram dificuldades na hora de fazer o Educard

Para quem não agendou horário, a espera tem sido longa. Foto: Raquel Ferreira

 

Com a volta às aulas, começou a correria dos pais para fazer a atualização e solicitação do Educard, o passe livre estudantil de Araucária. Desde a terça-feira da semana passada, 5 de fevereiro, quando a Secretaria Municipal de Educação (SMED) e a Superintendência do Transporte Coletivo iniciaram os atendimentos, as filas têm sido enormes. Há relatos de pais que ficaram horas aguardando e não foram atendidos na Escola de Gestão dos Servidores Municipais, local onde ocorre a emissão do cartão.

Entre as reclamações, citam a dificuldade de agendar horário e também em conseguir a declaração de matrícula, isso porque alguns colégios estaduais estariam em semana pedagógica e teriam suspendido o atendimento ao público externo. “Tentei agendar várias vezes pela Internet, mas o sistema trava demais, não consegui. Agora me disseram que só tem vaga pra março”, disse uma mãe. Outro pai reclamou que o agendamento online foi disponibilizado muito em cima da hora. “Quem conseguiu agendar primeiro se deu bem, os demais terão que tirar dinheiro do bolso para pagar a passagem dos filhos até conseguirem fazer o cartão”, disse.

Sobre o problema, a SMED, por meio do Departamento de Transporte Escolar, informou que o atendimento está ocorrendo dentro da normalidade para todos os que agendaram pela internet (já são mais de três mil agendamentos). Só há espera para quem não realizou o agendamento online e foi direto ao local. Para essas pessoas, o atendimento só ocorre se algum dos agendados não comparecer. Não há garantia de atendimento para quem não agendar via internet. “Com os três mil agendamentos já realizados, obviamente, os primeiros escolheram as primeiras datas. Quem deixou para agendar com a proximidade do início das aulas terá que optar por datas mais adiante”, explicou. De acordo com o Departamento de Transporte Escolar, a demanda atual não justifica a necessidade de abertura de novos horários de atendimento ainda neste mês.

Com relação a declaração de matrícula, a SMED informou que as escolas municipais estão oferecendo o documento normalmente, no entanto, na rede estadual, pode sim estar ocorrendo alguns problemas, já que as aulas só começam nesta quinta-feira. “A recomendação é sempre conversar na escola onde o estudante frequenta”, orientou.

Oito mil cadastros

Outra questão diz respeito aos pais que foram até o local do cadastramento e recadastramento sem a declaração de matrícula, estes não precisarão novo agendamento para resolver o problema. A orientação é retornar ao local com o documento e procurar pela pessoa que realizou seu atendimento. No caso do Centro Estadual de Educação Básica de Jovens e Adultos, a orientação é também entrar em contato com a escola para se informar sobre a declaração de matrícula desses estudantes.

De acordo com a SMED, o número de cadastros do Educard pode chegar perto dos oito mil. “É muito importante destacar que o cadastro do Educard pode ser feito ao longo de todo o ano. O Departamento de Transporte Escolar pode esclarecer dúvidas pelo (41)3901-5258. Todos os estudantes de escolas públicas de Araucária (da educação infantil ao ensino médio – incluindo EJA e Ceebja) têm direito à gratuidade no transporte coletivo (Triar).

Texto: Maurenn Bernardo

Publicado na edição 1150 – 14/02/2019

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*