Home / Notícias / Geral / População pede mais horário de verão

População pede mais horário de verão


No próximo dia 22, domingo, acaba o horário de verão que está vigorando desde o dia 19 de outubro do ano passado. O governo federal pensou em estender o prazo e levar o horário mais adiante, mas acabou desistindo da proposta.

A desistência segundo o governo se deu porque estudos indicaram que a economia de energia gerada nesse período seria muito pequena e, portanto, não valeria a pena. A possibilidade foi anali­sada diante do cenário atual de crise do setor elétrico, com os índices de chuva abaixo do esperado nos últimos meses e queda acentuada no nível de água nas represas das principais hidrelétricas do país.

De acordo com o ministro, com o fim do verão cada vez mais próximo, boa parte do país passa a ter noites mais longas. Assim, se estendido o horário de verão ao longo do mês de março, o consumo de energia durante a manhã aumentaria, reduzindo muito o ganho com a economia no período da tarde, que já seria pequeno.

E o povão?

A reportagem do Jornal O Popular saiu às ruas para saber o que o povo pensa a respeito de o governo ter desistido de estender o horário de verão por mais um mês.

A população, que acabou se habituando e gostando deste novo horário, se mostrou favorável ao adiamento. Apesar disso, muitos chegaram até a dizer que pro governo a prorrogação não afetaria em nada o planejamento, isso porque o horário de verão nem sempre acaba surtindo o efeito esperado quando a questão é a economia de energia elétrica.

Ao mesmo tempo em que as pessoas economizam por acenderam as luzes mais tarde, acabam gastando mais com o uso de ar condicionado, ventiladores e no chuveiro, pois o calor intenso desta época do ano requer mais banhos durante o dia. Confira as opiniões a seguir.

Ana de Oliveira, auxiliar de processo, também se mostrou favorável à prorrogação do horário de verão. “O dia fica bem mais longo, a gente consegue fazer muito mais coisas. Para quem trabalha o dia todo e chega em casa no final da tarde, acaba sendo ainda melhor, porque a noite demora mais pra chegar”, avaliou.

Ana de Oliveira, auxiliar de processo, também se mostrou favorável à prorrogação do horário de verão. “O dia fica bem mais longo, a gente consegue fazer muito mais coisas. Para quem trabalha o dia todo e chega em casa no final da tarde, acaba sendo ainda melhor, porque a noite demora mais pra chegar”, avaliou.

Para a auxiliar Deise Caroline da Costa e Silva o horário de verão não muda muito a rotina das pessoas, que acabam se adaptando rápido com a mudança e, sendo assim, a prorrogação não seria uma má ideia. “Seria bom se aumentassem os dias do horário de verão, no entanto, acredito que existam outras formas mais viáveis de fazer o povo economizar energia elétrica”, disse.

Para a auxiliar Deise Caroline da Costa e Silva o horário de verão não muda muito a rotina das pessoas, que acabam se adaptando rápido com a mudança e, sendo assim, a prorrogação não seria uma má ideia. “Seria bom se aumentassem os dias do horário de verão, no entanto, acredito que existam outras formas mais viáveis de fazer o povo economizar energia elétrica”, disse.

João Afonso Coelho é aposentado e falou que como já não trabalha fora, pra ele tanto faz se o governo prorrogar o horário ou não. “O que eu fico triste é que nesse horário de verão a gente acaba aproveitando mais o dia porque escurece mais tarde, mas fora isso não acredito que seja uma forma inteligente de fazer o povo economizar energia elétrica”.

João Afonso Coelho é aposentado e falou que como já não trabalha fora, pra ele tanto faz se o governo prorrogar o horário ou não. “O que eu fico triste é que nesse horário de verão a gente acaba aproveitando mais o dia porque escurece mais tarde, mas fora isso não acredito que seja uma forma inteligente de fazer o povo economizar energia elétrica”.

Mariele Santos, enfermeira, também alegou que o horário não resolve quando o assunto é economia. “As pessoas não mudam seus hábitos, deixam celular na tomada, TVs e outros aparelhos ficam quase o dia todo ligados, o que se apaga mesmo são as lâmpadas. Se estender o horário ou não, a diferença nem será notada. O povo é que ficará triste porque leva um tempinho pra se acostumar com a mudança”, comentou.

Mariele Santos, enfermeira, também alegou que o horário não resolve quando o assunto é economia. “As pessoas não mudam seus hábitos, deixam celular na tomada, TVs e outros aparelhos ficam quase o dia todo ligados, o que se apaga mesmo são as lâmpadas. Se estender o horário ou não, a diferença nem será notada. O povo é que ficará triste porque leva um tempinho pra se acostumar com a mudança”, comentou.

“Particularmente gostaria que o horário de verão durasse mais tempo”, disse o empresário Ronaldo Cheratzki. Para ele, os benefícios para o governo podem não ser tão significativos, no entanto, para o povão é uma excelente forma de fazer seu dia render mais. “É um horário mais tranqüilo, a gente acaba aproveitando mais o dia e fazendo nossas atividades renderem mais”.

“Particularmente gostaria que o horário de verão durasse mais tempo”, disse o empresário Ronaldo Cheratzki. Para ele, os benefícios para o governo podem não ser tão significativos, no entanto, para o povão é uma excelente forma de fazer seu dia render mais. “É um horário mais tranqüilo, a gente acaba aproveitando mais o dia e fazendo nossas atividades renderem mais”.

O autônomo Valmir Zanuto disse que o horário de verão é muito bom porque os dias são mais longos e demoram mais pra escurecer. “Faço entregas com caminhão e quando chego em casa no final da tarde ainda posso aproveitar um pouco do dia. De mais a mais, o horário acaba não surtindo muito efeito pro governo na questão da economia, e pra eles tanto faz estender ou não”.

O autônomo Valmir Zanuto disse que o horário de verão é muito bom porque os dias são mais longos e demoram mais pra escurecer. “Faço entregas com caminhão e quando chego em casa no final da tarde ainda posso aproveitar um pouco do dia. De mais a mais, o horário acaba não surtindo muito efeito pro governo na questão da economia, e pra eles tanto faz estender ou não”.

Fotos: Iohana de Camargo

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*