Home / Notícias / Geral / Projeto Alvorecer forma mais uma turma de Gastronomia

Projeto Alvorecer forma mais uma turma de Gastronomia


Alunos preparam com cuidado todos os ingredientes do cardápio. Foto: Everson Santos

 

O projeto social Alvorecer 2, desenvolvido pela associação de moradores do Jardim Alvorada, formou mais uma turma do curso de Gastronomia. No encerramento, os 28 formandos foram desafiados a preparar um cardápio especial, com direito a entrada, prato principal e sobremesa, para ser degustado por um grupo de empresários locais e representantes da Prefeitura, na sede da APMI, onde a GERAR, mantenedora do projeto, realiza suas atividades. Os formandos foram divididos em dois grupos, o primeiro preparou o cardápio nesta quarta-feira, 21 de novembro, e o segundo fará a preparação na sexta-feira, 23.

O curso tem feito sucesso estre os moradores do Jardim Alvorada e bairro Thomaz Coelho, tanto que uma nova turma já está a caminho, e a lista de espera é grande. “O próximo curso deverá iniciar em janeiro. A meta da GERAR é totalizar cerca de sete turmas, e formar aproximadamente 180 alunos até o final do próximo ano”, comentou a presidente da associação de moradores, Maria Eunice Rodrigues Siqueira.
O Alvorecer, cujo objetivo é promover a qualificação profissional em gastronomia para jovens e adultos para que possam, posteriormente, ingressar no mercado de trabalho, tem o patrocínio da Petrobras.

Aprendizado pra vida

O formando Nathan Fonseca Cardozo,17 anos, é estudante e decidiu entrar no projeto por acreditar que todo conhecimento é válido. “O curso de gastronomia, além de ser interessante, foi gratuito. Me recomendaram as aulas e eu quis fazer para ver, e gostei, foi tudo muito organizado, os professores deram bastante atenção, foi bem instrutivo. Aprendi bastante, em casa eu só fazia um miojo, fritava um ovo, só coisas rápidas e simples, mas agora posso preparar pratos mais elaborados”, comentou, acrescentando que pretende trabalhar na área.

A diarista Daiane Alexandra Belato, 22 anos, disse que ama cozinhar e sempre procurou um curso na área, mas os custos eram altos, até que ficou sabendo do projeto, que oferecia aulas gratuitas.

“Me indicaram o Alvorecer, então fui atrás e consegui me inscrever.

Gostei bastante, os professores passam as receitas passo a passo, vão nos ajudando a preparar. As aulas teóricas foram muito boas, principalmente a parte da Vigilância Sanitária, tinha muitas coisas que eu não sabia. Esse curso ajuda a gente a entrar no mercado de trabalho, quem sabe abrir um negócio próprio. Fiz um macarrão caseiro tão gostoso, meu pai gostou, e falou que vai abrir um restaurante para mim e para minha madrasta. Fiquei empolgada”, festejou a formanda.

Publicado na edição 1140 – 22/11/18

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*