Home / Notícias / Geral / Saiba como doar sangue – Semana Municipal do Doador de Sangue

Saiba como doar sangue – Semana Municipal do Doador de Sangue

 

Entre os dias 15 a 22 de março acontece em Araucária a Semana Municipal do Doador de Sangue. Doar sangue é um ato que pode salvar até 4 vidas, é fácil e seguro. O morador de Araucária que queira contribuir com esse gesto de solidariedade pode ir até o Hemepar, em Curitiba, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 18h30, e sábado das 8h às 18h, portando um documento pessoal com foto.


Para facilitar o trajeto na semana, a Secretaria Municipal de Saúde de Araucária, irá disponibilizar um microônibus para levar os interessados gratuitamente dia 20, com saída às 13h, junto ao ponto de táxi ao da feirinha do terminal central. As inscrições serão realizadas nas unidades básicas até sexta-feira (16).

Pessoas que queiram procurar o centro de hematologia em outros momentos não precisam agendar ida ao Hemepar, a não ser que sejam grupos ou pessoas com deficiência, situações nas quais solicita-se contato pelo telefone (41) 3281-4000. Endereço do Hemepar: Tv. João Prosdócimo, 145 – Alto da XV, Curitiba. O sangue que é coletado no Hemepar é distribuído para 384 hospitais públicos, privados e filantrópicos que atuam em todas as regiões do Paraná, inclusive para os pacientes de Araucária que necessitem.

A hematologista do Hospital Municipal de Araucária, Claudia Lorenzato, destaca que a doação é segura e o resultado mostra se a pessoa tem Aids, sífilis, hepatites e tipo sanguíneo. O voluntário precisa ter entre 18 e 69 anos, sendo que adolescentes de 16 anos já podem doar mediante acompanhamento dos pais.

O doador não pode ter apresentado sintomas recentes de febre, tosses e espirros, além de ser necessário ter mais de 50 quilos. A ingestão de bebida alcoólica nas últimas 12 horas também impede a doação. Pessoas com doenças transmissíveis pelo sangue como HIV e hepatites não podem doar, assim como usuários de drogas ilícitas ou com histórico de neoplasias ou de derrame cerebral.

A doadora de sangue Marines da Silva Silveira, de 46 anos, sabe bem da importância do ato. Ela trabalha em hospital e há 8 anos colabora com bancos de sangue. “Sou feliz de poder ajudar outras pessoas a viver bem. Me sinto grata por ter ajudado outras pessoas a sorrir e isso é muito gratificante”, relata a portadora do tipo sanguíneo B positivo, que mora no Campina da Barra.

No Brasil cerca de 3,5 milhões de pessoas realizam transfusões de sangue ao ano. No total, existem no país 27 hemocentros e 500 serviços de coleta. De acordo com o Ministério da Saúde, apenas 1,8% da população brasileira doa sangue, porcentagem inferior à taxa recomendada pela Organização Mundial da Saúde, que seria de 3% da população.

 

Foto: divulgação

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*