Home / Notícias / Policial / 14 anos de prisão

14 anos de prisão


Jemerson cumprirá pena em regime fechado

Jemerson cumprirá pena em regime fechado

Jemerson Gonçalves de Jesus foi condenado há 14 anos de prisão em regime fechado pelo assassinato de Waldemir Aparecido Coiado, mais conhecido como Graxa. O réu foi julgado pelo Tribunal do Júri da Vara Criminal de Araucária na manhã de quarta-feira, 9 de dezembro. O crime aconteceu no dia 15 de fevereiro de 2014, por volta de 16h20min, na rua Ludovina Furman, bairro Boqueirão. Além de Jemerson, foi denunciada a ré Juliana Fernandes Machado, que também teve participação na morte de Waldomiro. Tudo começou quando Jemerson pernoitou na casa de Waldemir, seu padrasto e, por volta das 12h, os dois foram até a casa da Juliana, onde consumiram bebida alcoólica. Por volta das 21h30, Juliana mandou que Waldemir fosse embora, mas Jemerson permaneceria na casa com ela. Como Waldemir se negou a ir embora. Os dois discutiram com a vítima e Juliana lhe jogou alguns baldes cheios de água e o golpeou usando uma vassoura. A vítima se desequilibrou e caiu, oportunidade em que Jemerson jogou algumas pedras contra Waldemir, atingindo seu olho. Depois ainda teria colocado duas sacolas plásticas na cabeça da vítima, sufocando-a e matando-a.

Juliana e Jemerson arrastaram o corpo de Waldemir até os fundos do terreno e colocaram sobre ele um bloco de concreto. O crime foi cometido por motivo fútil e todos, tanto a vítima como os agressores, estariam alcoolizados.

FOTO: MARCO CHARNESKI

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*