Home / Notícias / Policial / Achados de cadáveres no fim de semana estão sendo investigados pela polícia

Achados de cadáveres no fim de semana estão sendo investigados pela polícia


Um dos corpos estava na represa do Passaúna. Foto: divulgação

 

A Polícia Civil de Araucária instaurou inquérito e já está investigando o que pode ter acontecido com as vítimas que foram encontradas no último fim de semana.

Na manhã de domingo, 24 de fevereiro, um corpo foi localizado na represa do Passaúna, já em avançado estado de decomposição. Segundo informações, pessoas que estavam no local avistaram o cadáver enroscado em uma pequena ilha, no trecho da represa próximo ao final da rua Pelicano, no bairro Capela Velha.

Os órgãos responsáveis estiveram no local e o Instituto Médico Legal (IML) recolheu o corpo, identificado posteriormente como Eduardo Henrique dos Santos, 21 anos. A polícia informou que ele estava desaparecido desde o último dia 19, que era morador do bairro Capela Velha e não tinha antecedentes criminais. Ainda, Eduardo era metalúrgico, trabalhava em uma grande empresa e era estudante de jornalismo. Segundo outras informações, Eduardo teria procurado como chegar até a represa na noite do dia 18 e, no dia seguinte, desapareceu.

“Estamos aguardando o laudo do IML, visto que não foram encontrados sinais de violência no corpo. Nas redes sociais, observamos comentários de que Eduardo seria depressivo e que já teria feito tratamento para bipolaridade”, informou um investigador.

Já o outro corpo, encontrado também no domingo, mas no perío­do da tarde, segue sem identificação. O cadáver carbonizado foi encontrado em uma casa abandonada na rua Guanabara, no Iguaçu.

Preliminarmente, acredita-se que o corpo pode ser de uma mulher, mas ainda não há maiores informações sobre o caso. A polícia aguarda informações do IML para dar prosseguimento às investigações.

Publicado na edição 1152 –  28/02/2019

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*