Home / Notícias / Policial / Caminhoneiro e motorista teriam discutido momentos antes de acidente

Caminhoneiro e motorista teriam discutido momentos antes de acidente

Na manhã de terça-feira da semana passada, 30 de outubro, um acidente na rodovia do Xisto, próximo a Petrobras, tirou a vida do motorista Fabio Malewschik, 46 anos, que dirigia um veículo Ônix, placas BCG-1876. Ele morreu após capotar e cair de um viaduto no km 147.


Um caminhão que seguia logo atrás do carro em que estava Fabio parou em seguida e teria dito à Polícia Rodoviária Federal, em termo por escrito, que teria percebido o carro capotando à sua direita e que durante o capotamento, uma parte do carro acabou “encostando” no caminhão. Por conta disso, conforme explicou a assessoria da PRF, como não houve contradição entre depoimentos de testemunhas, o caminhoneiro foi liberado.

Contudo, horas depois, a polícia teve acesso às imagens de câmeras de segurança da Petrobras que apontam inconsistência no depoimento do caminhoneiro. Conforme mostram as imagens, o caminhão transitava atrás do carro na faixa da esquerda. As imagens ainda mostram o carro desgovernado, rodando na frente do caminhão antes de cair no viaduto. Por conta disso, sabe-se que houve falso testemunho do caminhoneiro, que deve ser indiciado por homicídio, visto que seu veículo “empurrou” o carro.

No entanto, nos últimos dias algumas testemunhas teriam dito que teriam visto o caminhoneiro e Fabio discutindo momentos antes na rodovia do Xisto durante o trânsito.

“Pedimos para que, se outras pessoas que passavam pelo local e viram algo de diferente acontecendo, que procurem a Delegacia de Araucária e prestem depoimentos. O sigilo será garantido”, informou o superintendente da DP, Rosaldo Dias.

Publicado na edição 1138 – 08/11/18

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*