Home / Notícias / Policial / Caminhoneiro mentiu em depoimento sobre acidente que matou um motorista

Caminhoneiro mentiu em depoimento sobre acidente que matou um motorista


Na manhã de terça-feira, 30 de outubro, Fabio Malewschik, 46 anos, que dirigia um veículo Ônix, placas BCG-1876, morreu após capotar e cair de um viaduto no km 147, da rodovia do Xisto, sentido Curitiba. Um caminhoneiro que repassou informações a respeito do momento do acidente, prestou falso testemunho sobre o caso e, de acordo com a polícia, será indiciado por isso.

Câmeras de segurança da Refinaria da Petrobras flagraram o momento em que o capotamento aconteceu e os vídeos desmentem a versão apresentada inicialmente pelo caminhoneiro envolvido no acidente que aconteceu por volta das 7h30. Ele teria declarado à Polícia Rodoviária Federal (PRF), que teria visto o Ônix capotando à sua direita e, que durante o capotamento, parte do carro encostou no caminhão. Contudo, de acordo com as imagens, o caminhão vinha atrás do carro, e não ao lado, como o caminhoneiro afirmou.

Um dos vídeos, de uma câmera localizada cerca de 500 metros do local da colisão, mostra o caminhão na faixa da esquerda, aproximando-se rapidamente do carro, que também estava na faixa da esquerda. Já o outro vídeo, de uma câmera posicionada exatamente na direção do viaduto, mostra o carro desgovernado, rodando e capotando na frente do caminhão.

Vale destacar que a velocidade máxima permitida no local é de 60 km/h. Porém, conforme indicou o disco do tacógrafo, o caminhoneiro transitava a 80 km/h. Foram detectadas ainda marcas de frenagem do caminhão ao longo de aproximadamente 50 metros.

Momentos após o acidente, o Siate chegou a ser acionado para socorrer Fabio, porém, nada pode fazer, pois o motorista morreu na hora.

O caso está sendo investigado pela Delegacia da Polícia Civil de Araucária. O caminhoneiro deverá responder pelo crime de homicídio.

 

 

Publicado na edição 1137 – 01/11/18

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*