Caminhoneiros são vítimas de furtos | O Popular do Paraná
Home / Notícias / Policial / Caminhoneiros são vítimas de furtos

Caminhoneiros são vítimas de furtos

A GM recuperou o caminhão tomado em assalto a mão armada

 

Em apenas um dia, três caminhoneiros foram vítimas de furtos em Araucária. Os crimes aconteceram na noite de sexta-feira, 1º de junho, sendo dois deles no bairro Chapada e um dos crimes no bairro Costeira.

O primeiro registro foi repassado à Polícia Militar pelo proprietário de um caminhão bitrem. Ele contou que havia estacionado o veículo na rua Lidia Camargo Zampieri durante a manhã e, quando retornou, por volta das 19h40, notou que a carga que estava no tanque havia sido furtada.

De acordo com o caminhoneiro, havia cerca de 40 mil litros de diesel. Os lacres foram violados e o que restou da carga espalhou-se pela vegetação no entorno. Foi realizado patrulhamento no local, mas nenhum suspeito foi encontrado. Restaram orientação à vítima.

Logo depois, outro proprietário de caminhão entrou em contato com a polícia contando que deixou o caminhão da empresa, a qual presta serviço, guardado em um barracão próximo à sua residência, ambos na rua José Butkoski. Horas depois, ao retornar ao veículo, notou que o caminhão havia sido arrombado e que vários objetos, que estavam em seu interior, tinham sido levados.

Entre os objetos furtados, caixa de ferramentas, peças de roupa, aparelhos eletrônicos, 200 litros de diesel e o step, o qual foi localizado ainda nas proximidades. Neste caso, também foram realizadas rondas na região, mas nenhum suspeito foi localizado.

Ainda na sexta-feira, durante patrulhamento da Guarda Municipal em um local ermo no bairro Costeira, foi avistado um caminhão com os vidros abertos. Os guardas desconfiaram da situação e decidiram consultar a procedência do veículo.

Desta forma, eles descobriram que o caminhão havia sido tomado em assalto a mão armada, quando o motorista dirigia de Curitiba a Araucária. O caminhão, de placas AUS-3840, foi entregue na Delegacia de Polícia Civil de Araucária para os procedimentos cabíveis.

 

 

 

Foto: divulgação

Publicado na edição 1116 – 07/06/2018

Sobre Redação

Redação

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu endereço de email não será publicado. Os campos requiridos são marcados com *

*