Home / Notícias / Policial / Do hospital direto para a cadeia

Do hospital direto para a cadeia


Cesar ficou no hospital sob a guarda da PM

Cesar ficou no hospital sob a guarda da PM

Na manhã de domingo (11), os familiares de Cesar da Silveira Pinto, 45 anos, o levaram ao Hospital Municipal de Araucária com ferimentos por arma de fogo. Cesar havia sido atingido por três tiros na região do abdômen no dia anterior por volta das 13h, enquanto executava serviço de instalação de calhas em uma casa no jardim Arvoredo, na rua Leopoldo Rodrigues.

Logo após o almoço, quando Cesar estava trabalhando, um homem que aparentava ter entre 18 e 20 anos, moreno claro e que andava mancando, o chamou no portão da casa. Cesar foi atendê-lo e foi surpreendido pelos disparos efetuados pelo rapaz.

A vítima, que usava tornozeleira eletrônica, ficou internada recuperando-se dos ferimentos até a tarde desta terça-feira. Mas, havia dois mandados de prisão em aberto contra Cesar. Um por estupro ou atentado violento ao pudor e o outro por violência doméstica e familiar. Por este motivo, Cesar, enquanto estava internado, permaneceu com guarda policial e após receber alta médica foi encaminhado sob escolta para a Delegacia de Araucária, onde permanece preso.

Texto: Rafaela Carvalho / CRÉDITO: pmPM

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*