Home / Notícias / Policial / É preso em Araucária estelionatário que aplicava golpes no PR e em SC

É preso em Araucária estelionatário que aplicava golpes no PR e em SC

Havia mandado de prisão expedido em desfavor de Anderson. Foto: divulgação

 

Policiais civis da Delegacia de Araucária prenderam, na tarde de sexta-feira, 3 de maio, Anderson Paura Godoy Bueno, suspeito de aplicar golpes em cidades do Paraná e também em Santa Catarina.

A prisão aconteceu em cumprimento a um mandado de prisão expedido pelo Juízo Criminal da Comarca de Canoinhas/SC, uma das cidades em que Anderson aplicava os golpes. De acordo com o delegado local, Tiago Wladyka, Anderson era procurado devido ao golpe do bilhete premiado.

Em um dos crimes, ele teria enganado um idoso de 78 anos com um bilhete premiado falso, no valor de mais de R$ 4 milhões, recebendo pelo mesmo a quantia de R$ 7 mil mais 8 mil dólares e 1.500 euros.

Ao dar cumprimento ao mandado de prisão em uma casa na rua Antonio Cantador, foi localizado na residência um veículo Cobalt, com placa de Belo Horizonte/MG, que estava em nome de uma terceira pessoa. Ao ser questionado sobre a procedência do carro, Anderson ficou aflito e não conseguiu explicar de onde comprou o veículo. Depois de consultar a placa, junto à Polícia Civil de Minas Gerais, os investigadores constataram que o veículo estava com determinação judicial de apreensão, em razão do crime de estelionato.

O suspeito foi preso. O carro foi apreendido e encaminhado à DP local.

CASAL SUSPEITO DE ESTELIONTO SEGUE PRESO

Por falar em golpe, um casal que recentemente foi preso, segue atrás das grades. Trata-se de Suelen Niedzielski, 31 anos, e Marcos Antônio Oliveira Santos, 46 anos, suspeitos de aplicar golpes na venda de imóveis.

Segundo informações, eles vendiam casas no condomínio San Diego, no bairro Capela Velha, pediam um sinal de entrada e depois cortavam o contato com as vítimas. Conforme relatado pela Delegacia de Polícia Civil de Araucária, eles não davam retorno ao comprador e também não repassavam o valor ao proprietário do imóvel.

Conforme os Boletins de Ocorrências registrados, a delegacia estima um prejuízo total de cerca de R$ 100 mil.

Suelen foi transferida da carceragem local para Colombo. Já Marcos segue na carceragem em Araucária.

Publicado na edição 1162 – 09/05/2019

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*