Home / Notícias / Policial / Em três dias, dois morrem na represa do Passaúna

Em três dias, dois morrem na represa do Passaúna

Foto: Marco Charneski


 

Desde o último sábado, 26 de janeiro, até esta terça-feira, dia 29, duas pessoas morreram afogadas nas águas da represa do Passaúna. Ambas as ocorrências aconteceram no local conhecido como “prainha”.

A primeira delas aconteceu por volta das 16h, vitimando Sara Kaiane Gomes Pires, 5 anos. Segundo familiares, a criança e os pais estavam às margens da represa assando carne. De acordo com o relato, durante o churrasco Sara estava brincando na água, porém, em um rápido momento de descuido, a menina acabou entrando em local mais profundo e se afogou.

Pessoas que estavam no local tentaram ajudar até a chegada do Corpo de Bombeiros, mas o salvamento não foi possível. Os socorristas ainda tentaram reanimar Sara por mais de uma hora, mas ela não resistiu. Ainda, segundo informações, ela teria ficado mais de meia hora submersa. A vítima e a família eram de Curitiba, moradores do bairro Portão.

Já o segundo afogamento vitimou Carlos Alberto das Neves, 51 anos. Segundo informações, ele estava no local com amigos e decidiram nadar na represa. Em área mais funda, ele teria apresentado dificuldades para se manter na superfície e começou a afundar.

O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 17h e passou cerca de uma hora procurando a vítima, que também restava submersa. Os socorristas tentaram reanimar Carlos, mas ele não resistiu e veio a óbito.

Assim como Sara, Carlos também era de Curitiba. Ambos foram levados ao Pronto Atendimento (UPA), onde foram atestadas as mortes.

ÁREA PROIBIDA PARA BANHO

É proibida a prática de nado e qualquer atividade aquática nas águas do Passaúna. Sobre isso, estatísticas de afogamentos, fiscalização no local e a empresa proprietária da área, leia mais na página 8.

Publicado na edição 1148 – 31/01/2019

 

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*