Família diz que morto pela GM no Tropical era trabalhador e honesto | O Popular do Paraná
Home / Notícias / Policial / Família diz que morto pela GM no Tropical era trabalhador e honesto

Família diz que morto pela GM no Tropical era trabalhador e honesto

Familiares do homem morto na noite de sábado, 9 de dezembro, na região do jardim Tropical, entraram em contato com o jornal O Popular na noite deste domingo (10). Eles afirmam que não procede a versão da Guarda Municipal de que a vítima estaria armada. “Ele nunca teve uma arma na vida. E nem qualquer envolvimento com o mundo do crime”, garante um primo.

Segundo os familiares, Júlio César Cordeiro, 38 anos, conhecido como Nêgo, era trabalhador e honesto, empregado há vinte ano na empresa Tortuga. Eles dizem ainda que a vítima teria ido àquela região das cavas do Tropical para pescar, um de seus lazeres prediletos.

Inicialmente, a versão da Guarda Municipal foi a de que Júlio estaria com uma segunda pessoa saindo de um matagal. Eles não teriam respeitado à ordem de abordagem dos guardas e um deles atirado contra a GM. O corpo de Júlio foi encaminhado ao IML sem identificação e reclamado pela família ao longo deste domingo.

Ainda de acordo com a família, Júlio saiu de casa para pescar sozinho por volta das 18:30 de sábado. Não levou documentos e nem celular, apenas varas e iscas. Ele morava a quatro quadras de onde foi morto. “Queremos que a Justiça seja feita. Ele era trabalhador e está deixando dois filhos e sua esposa”, conta o primo.

O corpo de Júlio está sendo velado na capela do Cemitério Central.

 

 

Sobre Redação

Redação

8 comentários

  1. Coincidência com o caso do entregador de pães que foi atingido por um tiro e faleceu,ali no tayra depois de um assalto.o Júlio era trabalhador sim.

  2. Pq não tem mais a notícia q a gm trocou tiros com os caras .um morreu e o outro fugiu no matagal explica pra nós ai Carlos do Valle.ou eu q não achei no site?

  3. Estou muito triste 😢😠 e revoltada com o que houve não vou generalizar,é claro que aqui em Araucária temos policiais abençoados e GMs tbm abençoados mais agora esses que estão mentindo difamando esse pai de família o Nego.não merece o cargo que tem não merece ser chamado de GM pois um Bom soldado honra a sua farda não mente dessa maneira sei que a justiça da terra é falha mais a Justiça de Deus pode ter certeza ela é justa pq viu e filmou e registrou tudo la de cima

  4. Infelizmente o nível de stress que andam os “policiais” de um modo geral tendem a cometerem equívocos nas avaliações, e tragicamente finalizadas com situações extremas como esta, onde alguém que sem sombra de dúvida foi morto por erro de abordagem.
    Como cidadãos não devemos nos omitir e exigir apuração desse fato, pois poderia ser qualquer um de nós, ou algum familiar nosso…
    Meus pêsames a família enlutada, pela perda irreparável, onde a maioria em alguns dias ou semanas já esqueceremos, mas a família nunca irá esquecer…..

  5. Vc tem toda razão jorge..

  6. Tem que averiguar bem esse caso do Julio .Eu não tinha amizade com ele mas sei que ele era um cara honesto e trabalhador .porque eu cresci no bairro próximo ao dele .e sabe como que e né. A gente sempre sabe quem sao os caco da vila .E esse rapaz com certeza não era um deles . meus pêsames a familia .e tem que ver o que aconteceu certinho .para nao cometerem uma injustiça. Até.

  7. COMO NAO ACATOU A ABORDAGEM E FOI FERIDO POR UM TIRO NO PEITO….
    COMO QUE ELE TROCOU TIROS COM A GM SE A ARMA ACHADA COM ELE ERA DE BRINQUEDO….
    ARMA ESSA QUE FOI IMPLANTADA PARA TENTAREM SE LIVRAR DA CULPA DA CRUELDADE QUE FIZERAM COM UM PAI DE FAMILIA…..JUSTIÇA SEJA FEITA

    MEUS PESAMES A FAMILIA A ESPOSA E FILHOS …..

  8. Tem que averiguar bem e punir os culpados agentes mal preparados buscar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu endereço de email não será publicado. Os campos requiridos são marcados com *

*