Home / Notícias / Policial / Furto de cabos telefônicos está atormentando moradores

Furto de cabos telefônicos está atormentando moradores


Ténicos da OI dizem que não vencem repor os cabos roubados

Ténicos da OI dizem que não vencem repor os cabos roubados

Ficar sem telefone e internet tem se tornado algo comum para os moradores da rua Carlos Vicente Zapxon, no jardim Gralha Azul. Isso se deve aos constantes furtos de fios telefônicos que têm sido registrados por lá. Segundo os moradores, os ladrões agem de madrugada, ao menos uma vez por semana e como consequência destes furtos, eles ficam sem telefone. Pra piorar, a operadora que predomina na região, a Oi, costuma demorar para recolocar novos fios e restabelecer as linhas.

“Isso está virando palhaçada, a gente está navegando na internet e de repente a linha cai, ficamos na mão. Pior é quando você precisa da internet a tra­balho, daí fica ainda mais difícil. Prefiro nem comentar as dificuldades que passamos por aqui quando o telefone fica mudo, é de deixar qualquer pessoa irada”, disse uma moradora.

Outro morador contou que na madrugada de quarta-feira, 21 de outubro, por volta de 3h50, dois ladrões roubaram cerca de 200 metros de cabos e as casas ficaram dois dias sem sinal da operadora. “A Polícia Militar fez rondas, mas os ladrões não foram encontrados. O pior é que depois chamamos a Oi e eles demoraram pra vir porque eles alegam não ter culpa pelos roubos”, reclama.

Ainda sobre o problema, uma moradora falou que não consegue entender como os bandidos cortam os cabos, pois ela acredita que pra fazer isso eles precisem de escada, carro e ou­tros equipamentos, coisas que são difíceis de passar despercebidas. “A falta de policiamento na rua com certeza facilita a ação dos marginais”, ponderou.

A reportagem de O Popular esteve no local e flagrou o momento em que a OI executava reparos na rua. Em conversa com os técnicos, eles informaram que os ladrões não usam escadas, eles costumam escalar o poste, cortam os fios para vender o cobre e acabam carregando o que conseguem, o restante fica caído no chão. “Isso tem acontecido com muita frequência, fica difícil controlar, mas a empresa já está tomando algumas medidas pra tentar evitar os roubos. Uma delas seria a colocação de fitas de ação nos cabos e a outra a instalação de barras de ferro nos postes pra evitar as escaladas”, explicam.

População pode ajudar a polícia

A Guarda Municipal disse que as ocorrências com relação a roubo de cabos telefônicos são incessantes. Toda semana a central da GM recebe pelo menos umas três chamadas dessa natureza, alguns nos prédios públicos, mas nesses locais os alarmes costumam disparar e afugentar os bandidos.

De qualquer forma, a melhor maneira de flagrar os roubos, conforme explica a GM é quando os próprios moradores presenciam o roubo e acionam a polícia imediatamente.

Da mesma forma a Polícia Militar também atende várias ocorrências envolvendo furto de cabos telefônicos e orienta a população a pedir ajuda quando presenciar algo errado.

FOTO: EVERSON SANTOS

Sobre Redação

Redação

2 comments

  1. E facil de resolver. A OI deveria colocar alarmes para quando corte o fio possam ir ate o local. Isso funcionava com antiga telepar. Mais hoje esta todo largado.

  2. kkk roubam até mesmo nos próprios da prefeitura, onde ha vigilante, câmera e Guarda municipal e ninguém vê

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*