Home / Notícias / Policial / HMA alerta sobre o “golpe da UTI”

HMA alerta sobre o “golpe da UTI”


O Hospital Municipal de Arau­cária (HMA) está alertando a população sobre um novo golpe. Familiares de pacientes internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) estão recebendo ligações de pessoas que se identificam como profissionais do hospital e pedem o depósito de quantias em dinheiro, a fim de pagar procedimentos e exames que, segundo eles, não são cobertos pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Segundo o HMA, trata-se da ação de um grupo de estelionatários que está se aproveitando da dor e da angústia dos familiares para obter vantagens financeiras. Para coibir esta ação criminosa e evitar que outras pessoas caiam no golpe, o hospital iniciou, em caráter de urgência, uma ação de informação e orientação às famílias dos pacientes internados, esclarecendo que a instituição não realiza esse tipo de cobrança e que, qualquer situação nesse sentido, deve ser imediatamente comunicada à direção, para que sejam tomadas as devidas providências.

Ainda de acordo com o HMA, as pessoas que foram lesadas financeiramente por meio deste golpe também devem procurar a delegacia para abertura de um boletim de ocorrência. Os casos registrados nos últimos dias já foram denunciados à Polícia Civil e estão sendo investigados.

A orientação do HMA e da polícia para essas situações é que as pessoas não aceitem nenhum tipo de oferta feita por telefone e jamais depositem qualquer valor na conta de desconhecidos. Em casos de dúvida, é melhor procurar sempre o hospital. Vale ressaltar que o HMA atende exclusivamente pelo SUS e, por isso, não cobra por nenhum tipo de procedimento.

Quem já caiu no golpe

Uma das famílias vítima dos estelionatários chegou a depositar R$ 1,5 mil na conta indicada pelo farsante. Outra chegou a juntar o dinheiro com demais pessoas da família, mas foi impedida pelo irmão de depositar, porque este desconfiou do golpe e ligou para o HMA. “Fiquei cabreiro e quando vi minha irmã apavorada tentando arrecadar o dinheiro pra salvar a vida da nossa mãe, decidi confirmar o pedido com o HMA e veio a confirmação: eles não tinham solicitado nada e era mesmo um golpe. Por pouco não caímos”, comentou o homem, que prefe­riu não revelar o nome.

A vítima que efetuou o depósito de 1,5 mil, disse que quando os golpistas ligaram, nem desconfiou, pois sua principal preocupação era salvar a vida do pai, que está internado na UTI, correndo risco de morte. “É um golpe muito bem articulado, pois eles pegam no ponto fraco da família, uma vez que todos os pacientes da UTI estão em estado crítico e a família está abalada”, comentou.

Investigações

A Delegacia de Polícia informou que vai instaurar uma investigação para saber se exis­te algum funcionário ou outra pessoa que possa estar tendo acesso às informações sobre os pacientes da UTI do HMA ou ainda a possibilidade de o sistema estar sendo hackeado, mas adiantou que será difícil chegar aos golpistas, uma vez que as ligações acontecem de diferentes telefones, que podem ser, inclusive, de outros estados.

Sobre Redação

Redação

One comment

  1. nos também quase fomos vitima de um golpe pediram 1.500 reais pra fazer uma ressonância em meu marido que estava internado la meu filho e que estava com ele naquele3 momento ele mae ligou e na hora eu pensei em arrumar o dinheiro mas dai mee lembrei que quem esta internado pelo sus não tem que pagar nada então liguei pra uma pessoa conhecida que ligou la no hospital e esclareceu pra eles o que estava acontecendo

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*