Home / Notícias / Policial / Laudos confirmam: crânio encontrado era de Alessandra

Laudos confirmam: crânio encontrado era de Alessandra

Até então só haviam sido encontrados um braço e o tronco da vítima. Foto: divulgação


 

Em outubro deste ano, um crânio foi encontrado há cerca de um quilômetro do local onde foram localizados alguns membros de Alessandra Bartoszewski Silva, 34 anos.

Ela era moradora do Vila Angélica e desapareceu em fevereiro deste ano. Dias depois, partes do corpo da vítima foram encontrados em um matagal próximo a um pesque pague na região de Campina Grande do Sul.

Quando o crânio foi encontrado por uma pessoa que passava na região, a Delegacia de Polícia Civil de Araucária desconfiou que poderia ser de Alessandra, visto que, até então, havia sido encontrado somente um dos braços e o tronco. O crânio foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), em Curitiba, e, a partir de vários exames, foi confirmado que é realmente o de Alessandra.

O SUSPEITO

O principal suspeito da morte de Alessandra é seu ex-amante, o subtenente do Exército, Edmilson de Souza Lima Junior. Ele ficou preso por 30 dias em quartel no bairro Boqueirão, em Curitiba, e em abril foi liberado com tornozeleira eletrônica para prisão domiciliar.

As investigações continuam por conta da Delegacia de Polícia Civil de Araucária.

Publicado na edição 1144 – 20/12/18

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*