Home / Notícias / Policial / Mata à queima roupa e foge de moto

Mata à queima roupa e foge de moto


Crime aconteceu em horário de grande movimentação e assustou o povo

Crime aconteceu em horário de grande movimentação e assustou o povo

20151209100831 - Cópia
Ainda não é possível afirmar quais foram os motivos exatos que levaram um atirador a matar o funcionário de uma loja de celulares localizada na rua Paulo Alves Pinto, ao lado do Banco do Brasil, no Centro. O crime aconteceu por volta de meio dia de quarta-feira, 9 de novembro, e chocou a comunidade pela frieza com que o suspeito agiu. Ele entrou na loja sem dizer nada, sacou um revólver e disparou várias vezes contra Marcos Rogério da Silva, 45 anos, à queima roupa. Depois saiu do estabelecimento andando, segurando um capacete na mão, montou em uma motocicleta que estava na esquina do local, e fugiu sentido ignorado.

Marcos era irmão do proprie­tário da loja e não teve a menor chance de defesa. Segundo testemunhas, havia um cliente no estabelecimento no momento do crime, mas este não teria conseguido repassar muitas informações sobre o assassino. O corpo de Marcos foi encaminhado ao Instituto Médico Legal.

Segundo a Delegacia de Polícia, que comanda as investigações, as primeiras evidências levam a uma execução, no entanto, com a ajuda das imagens das câmeras de segurança e dos depoimentos de testemunhas que serão ouvidas nos próximos dias, o rumo das investigações poderá mudar.

FOTO: MARCO CHARNESKI

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*