Motoristas embriagados causam acidentes desde o fim de semana | O Popular do Paraná
Home / Notícias / Policial / Motoristas embriagados causam acidentes desde o fim de semana

Motoristas embriagados causam acidentes desde o fim de semana

Nenhum dos motoristas se recusou a fazer o teste do bafômetro, mas todos estavam embriagados

Nenhum dos motoristas se recusou a fazer o teste do bafômetro, mas todos estavam embriagados

No início da madrugada de domingo, 5 de fevereiro, às 0h10, um acidente aconteceu na rua Capivari, no bairro Iguaçu, envolvendo um carro e uma moto. Colidiram o veículo, VW Gol, placas ACQ-8045, e uma motocicleta de placa ARX-4472. No acidente, o condutor da moto e duas passageiras do carro ficaram feridos. Ambos foram socorridos pelo Siate e encaminhados ao Hospital Municipal de Araucária com alguns ferimentos, mas sem risco de morte.

No local, a Polícia Militar observou que o homem que dirigia o veículo apresentava sinais de embriaguez. Ele foi conduzido imediatamente à sede da Polícia Rodoviária Federal para realizar o teste do bafômetro, o qual acusou 0,74MG/L. Sendo assim, o motorista do Gol foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Araucária e o veículo recolhido ao pátio da 2ª Cia da PM.

Um dia antes, no sábado, por volta das 18h10, o Siate socorreu um rapaz de 21 anos que conduzia sua motocicleta na rua Jorge Tieto Iwasa, no bairro Chapada, próximo à empresa Tortuga. Ele bateu contra um anteparo e sofreu graves ferimentos. Teve várias escoriações, quebrou as duas pernas, teve fraturas expostas e perdeu um pedaço da musculatura de um dos membros. De acordo com os socorristas, a vítima apresentava forte odor etílico. Ele foi levado ao Hospital Municipal de Araucária com risco de morte.

Já na segunda-feira, 6 de fevereiro, mais um motorista resolveu beber e dirigir. O condutor de 59 anos também colidiu contra um anteparo na rua Sandro Fialla, no bairro Passaúna. O homem teve, por sorte, apenas algumas escoriações na cabeça, mas apresentava sinais claros de embriaguez. De acordo com os socorristas, a vítima mal conseguia parar em pé, exalava forte odor etílico, estava com os olhos bastante vermelhos e falava com dificuldade. Ele realizou o teste do bafômetro que resultou em 1,28MG/L. Ele foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil e seu carro foi apreendido.

Ainda na noite de segunda-feira, às 21h20, outro acidente envolvendo um VW Fusca, placas AIO-0879, e um VW Voyage, placas ADO-8415, aconteceu na rua Faisão esquina com a rua Gavião, no Capela Velha. O condutor do fusca realizou o teste do bafômetro que constatou 0,68MG/L. Nenhum dos motoristas sofreu ferimentos, mas os dois veículos foram apreendidos devido a pendências na documentação. O motorista embriagado foi encaminhado à DP.

E, na manhã de terça-feira, 7 de fevereiro, por volta das 6h40, quando um veículo VW Gol, placas CSY-5736, conduzido por um homem de 41 anos, trafegava pela BR-476, no km 158, foi avistado por uma equipe da Polícia Rodoviária Federal. Ao ser abordado, o homem aceitou realizar o teste etilômetro que apresentou o resultado de 0,63MG/L. O veículo foi apreendido e o homem conduzido à Delegacia de Araucária.

Vale lembrar que, de acordo com o artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro, “conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool ou de outra substância psicoativa que determine dependência” pode gerar detenção de seis meses a três anos, multa e suspensão ou proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo automotor. Valores apresentados no teste do bafômetro até 0,33MG/L são passíveis apenas de multa. Acima de 0,34MG/L, o motorista, além de pagar multa, é preso.

Foto: divulgação

Sobre Redação

Redação

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu endereço de email não será publicado. Os campos requiridos são marcados com *

*