PM prende traficante com maconha, crack, cocaína e uma pistola 9mm | O Popular do Paraná
Home / Notícias / Policial / PM prende traficante com maconha, crack, cocaína e uma pistola 9mm

PM prende traficante com maconha, crack, cocaína e uma pistola 9mm

A Polícia Militar realizou mais um excelente trabalho na noite desta segunda-feira, 12 de fevereiro, enquanto fazia patrulhamento de rotina pela região do bairro Campina da Barra. Prendeu um Giovanni Altair Aniceto, 36 anos, em flagrante com cocaína, crack, maconha e uma pistola nove milímetros carregada.

 

Segundo informações da PM, passava um pouco das 22h quando a viatura virou na rua Amor Perfeito e estranhou um celtinha de cor prata parado em frente à uma casa. Com o faro apurado os policiais resolveram ver certinho o que estava acontecendo. Ao se aproximarem viram que um sujeito estava tentando abrir o portão da residência enquanto outro esperava dentro do veículo. Os policiais solicitaram então que eles se colocassem em posição de revista. Neste momento, um terceiro sujeito, Giovanni, veio de dentro do imóvel e, ao ver a PM, saiu correndo novamente para dentro da casa e jogando algo suspeito no chão do terreno.

 

Os policiais foram em seu encalço e o pegaram ainda na cozinha da casa. Os PMs nem precisaram perguntar porque o sujeito correu. Isto porque, sobre o armário já avistaram um potão de vidro cheio de buchas de maconha prontas para comercialização.

 

A partir daí, a situação de Giovanni só se complicou ainda mais. Questionado se havia algo mais de ilícito na casa, o sujeito admitiu que sim e autorizou os policiais a irem até seu quarto, onde haveria mais droga. Lá, acharam mais um tanto de maconha, pedras de crack e buchas de cocaína, tudo preparadinha para a venda.

 

Como se não bastasse, dentro da primeira gaveta de uma cômoda estava uma pistola 9mm, marca Steyr, com dez munições intactas. Os policiais ainda localizaram cerca de R$ 1.500,00 em notas trocadas. Diante de tantas evidências, não teve jeito: os policiais deram voz de prisão em flagrante a Giovanni, que foi conduzido à Delegacia de Polícia para as providências cabíveis.

 

UBER

Já com relação aos dois sujeitos que estavam no celtinha, a polícia constatou que ele era um UBER, sendo que o pobre do motorista só estava realizando uma corrida para o sujeito que estava no portão da casa quando a ocorrência se iniciou. Esse sujeito, aliás, admitiu ser usuário de drogas e que chamou o UBER para ir até o local comprar a maconha de Giovanni.

 

Como não havia nada de ilícito com o motorista do UBER, ele e o carro foram liberados. Já o usuário de drogas foi levado à DP juntamente com Giovanni.

Sobre Redação

Redação

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu endereço de email não será publicado. Os campos requiridos são marcados com *

*