Home / Notícias / Policial / Polícia Civil prende traficante que aplicava golpes com cartões de crédito clonados

Polícia Civil prende traficante que aplicava golpes com cartões de crédito clonados


O rapaz está na carceragem da DP de Araucária. Foto: Marco Charneski

 

Policiais civis de Araucária prenderam na manhã desta quarta-feira, 27 de fevereiro, Iuri Vinicius Lobo Costa, 23 anos, conhecido como “Lobo”. Ele vinha sendo investigado por utilizar cartões clonados para compras pela internet. Além disso, ele foi preso recentemente pela Polícia Militar por tráfico de drogas, sendo que com ele foram encontradas quase 30 buchas de cocaína. Por este crime, ele foi posto em liberdade provisória dois dias depois. Além de tráfico e estelionato, Lobo é acusado também por corrupção de menores e associação criminosa.

O indivíduo seria responsável por um prejuízo de, no mínimo, R$ 20 mil em diversas lojas do país, adquirindo desde celulares até móveis para salão de beleza, o qual ele alegou estar montando. Segundo apurado pela Polícia Civil, ele chegava a falsificar assinaturas e carteiras de identidade para aplicar os golpes. O delegado da Delegacia de Araucária, Tiago Wladyka, informou que as investigações continuam no intuito de localizar mais vítimas e possíveis comparsas de Iuri.

Toda a investigação teve início no fim de janeiro, quando um adolescente foi apreendido na casa de Lobo com pílulas de ecstasy. Outro elemento, um dos receptadores, foi preso em uma casa para onde eram encaminhados os móveis comprados com os cartões de crédito clonados. Tudo começou porque uma das vítimas procurou a delegacia, quando o valor da compra foi estornado.

Lobo é técnico em informática, formação que pode ter colaborado com a sua familiaridade com o sistema e o mundo web.

COMO SE PREVENIR DESTES GOLPES?

O delegado Tiago Wladyka comentou que infelizmente dados online não estão 100% seguros e orientou como se prevenir de golpes no mundo digital.

“Nunca forneça dados pessoais para terceiros, muito menos senhas. Evite também emprestar documentos e cartões de banco. Outro serviço que pode ajudar é aquele em que toda vez que é efetuada uma compra em determinado cartão a pessoa recebe uma mensagem pelo celular. Caso a compra não tenha sido feita pelo dono do cartão, é importante o contato imediato com o banco”, recomendou.

Publicado na edição 1152 – 28/02/2019

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*