Home / Notícias / Policial / Primeiro júri do ano será de suspeito de ter matado com 56 facadas

Primeiro júri do ano será de suspeito de ter matado com 56 facadas

Nesta quinta-feira, 31 de janeiro, acontecerá o primeiro julgamento de 2019 no Tribunal do Júri de Araucária. Será réu Ednilson da Rosa Souza, acusado pelo homicídio de Zaqueu Elpidio de Oliveira, 31 anos, morto com 56 facadas.


O crime aconteceu em 8 de fevereiro de 2013, por volta das 7h, em uma casa na rua José Butkoski, no bairro Chapada. Ednilson é suspeito do assassinato brutal, que teria sido cometido na companhia de um adolescente, na época, com 17 anos.

Na denúncia oferecida pelo Ministério Público, consta que o homicídio foi praticado com utilização de meio cruel, visto que foram desferidas mais de 50 facadas na vítima, sendo muitas delas no rosto, pescoço, abdômen e costas, provocando à vítima intenso sofrimento.

De acordo com o que foi apurado, o crime foi praticado por motivo banal, pois a vítima teria cobrado determinado valor ao autor sobre certa quantidade de droga. O réu não teria gostado da cobrança e, para acabar com a situação, optou por matar Zaqueu.

No Boletim de Ocorrência registrado na época, foi feito o relato de que havia sinais de luta corporal no local. A esposa da vítima teria dito ainda que durante aquela madrugada duas pessoas foram até a casa procurando por Zaqueu. Ela teria saído para trabalhar por volta das 6h40 e o marido teria ficado dormindo na casa. Apesar do homicídio ter acontecido nas primeiras horas da manhã, o corpo só foi encontrado no fim da tarde daquele dia.

Outras informações davam conta que Zaqueu teria envolvimento com furtos em residências e colecionava passagens pela polícia.

Publicado na edição 1148 – 31/01/2019

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*