Home / Notícias / Policial / Quase duas décadas depois crime vai a júri popular

Quase duas décadas depois crime vai a júri popular


O júri popular de hoje, 25 de abril, terá como réu o suspeito de ter cometido um homicídio e uma tentativa de homicídio em novembro de 2001.

O Conselho de Sentença julgará Sidnei Rodrigues de Souza, apontado como segurança de uma boate, na época localizada na marginal da Rodovia do Xisto, no bairro Sabiá. Ele é acusado de matar Silvano Ribeiro Lopes e de ter atirado contra Gilvânio Martins. Próximo ao estabelecimento, teria acontecido uma confusão e o réu teria envolvido-se na briga atirando contra as vítimas.

O julgamento nesta quinta-feira deve ter início às 9h.

Publicado na edição 1160 – 25/04/2019

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*