Home / Notícias / Policial / Sete dias após deixar a prisão, homem é executado quase na véspera de Natal

Sete dias após deixar a prisão, homem é executado quase na véspera de Natal


Faltavam poucos minutos para a chegada do dia da véspera de Natal quando quatro disparos de arma de fogo tiraram a vida de Ismael Alves Caetano, 30 anos. O crime ocorreu no final da noite deste domingo, 23 de dezembro, na rua Ludovina Furman, no bairro Boqueirão. Os autores do crime seriam três e teriam fugido utilizando uma Ecosport, de cor prata.

De acordo com informações repassadas pela Polícia Militar, Ismael havia deixado a carceragem da Delegacia de Polícia Civil de Araucária no último dia 18 de dezembro, onde estava há cinco meses cumprindo prisão preventiva em razão do cometimento de um roubo.

As razões do homicídio ainda serão mais bem investigadas pela Polícia Civil, mas de acordo com apurações iniciais uma divergência antiga em razão da compra de uma moto pode ter sido a motivação do crime. Acontece que, há algum tempo, Ismael teria comprado essa motocicleta dos possíveis autores do crime e, posteriormente, o veículo foi apreendido pela Polícia por ser fruto de roubo. Ismael então teria ficado na bronca e andava exigindo o dinheiro que pagou pela motoca. No final das contas, confirmada mesmo essa hipótese, ele ficou sem a grana que pagou, sem a moto e sem a vida.

Ainda conforme apurado no local, os autores do crime seriam três homens: pai e dois filhos, os quais residiriam no bairro Fazenda Velha. Antes de executar Ismael, os três ainda o teria o agredido no meio da rua e, com ele já caído, disparam quatro tiros.

Sobre Redação

Redação

One comment

  1. Resumindo tudo gent boa.Alias muita mas muita moto em araucaria isso é bem preocupantte

Deixe um comentário para anonimo Cancelar

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*