Home / Notícias / Policial / Velho conhecido da polícia em Araucária morre em confronto com a Rone

Velho conhecido da polícia em Araucária morre em confronto com a Rone

Renato “Bang” seria morador do Iguaçu, em Araucária. Foto: Lineu Filho


 

Um velho conhecido da polícia em Araucária, Renato Cardoso Sampaio, 37 anos, conhecido pelo apelido de “Bang”, morreu após entrar em confronto com uma equipe da Rone na última sexta-feira, 5 de abril. Apesar do indivíduo ser morador do Iguaçu, o fato aconteceu na rua Jatobá, no município de Pinhais.

Tudo começou durante um patrulhamento da polícia pelo bairro Planta Karla. Os policiais viram a porta de uma garagem e residência entreabertas, o que motivou a aproximação da equipe. Quando os policiais saíram da viatura, logo avistaram dois homens na garagem entrando rapidamente para a casa.

A equipe policial então entrou no ambiente e foi recebida a tiros. Frente à injusta agressão, os soldados revidaram os disparos de arma de fogo e acertaram um dos elementos, a fim de neutralizar a ameaça sofrida.

Outros policiais continuaram a varredura pela casa e, em um dos quartos, novamente foram recebidos a tiros. Pela segunda vez os policiais precisaram revidar e o homem foi atingido. De imediato, foi acionado socorro médico para os dois feridos e as armas utilizadas por eles foram prontamente retiradas do local para salvaguardar a integridade física dos policiais e de terceiros. Foram apreendidas uma pistola calibre 380, com 4 munições intactas, e um revólver calibre 38, com numeração suprimida, contendo duas munições intactas e duas deflagradas.

O local foi isolado e os socorristas constataram o óbito de ambos os indivíduos, sendo Renato “Bang” e Lucas Siqueira de Queiroz. Investigadores da Dele­gacia de Pinhais, supervisor do Bope e Instituto Médico Legal (IML) também estiveram no local.

Ainda, os policiais encontra­ram na garagem um veículo Renault Sandero de cor branca com as placas aplicadas BBI-6656, as quais não conferiam com o chassi do carro. Ao lado do Sandero estavam um par de placas BAB-5480. Estas constavam também com um veículo Renault de cor branca, mas foi verificado que tra­tava-se de um automóvel roubado no dia 2 de abril em Curitiba, no bairro Fazendinha, por dois indivíduos armados. Ainda, dentro do carro havia mais duas placas BAZ-2582, as quais constavam em um veículo Fiat Toro de cor verde.

De acordo com a polícia, a residência onde houve o tiroteio não era de nenhum dos meliantes e a vizinhança relatou que os moradores não estavam no local.

Sobre Renato “Bang”, ele teria alguns antecedentes criminais, sendo uma das passagens por violência doméstica.

Publicado na edição 1158 – 11/04/2019

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*