Home / Notícias / Política / Ao Ministério Público, comunidade reforça o “não” ao aumento de vereadores

Ao Ministério Público, comunidade reforça o “não” ao aumento de vereadores


Maioria dos presentes afirmou não querer mais vereadores. No detalhe, promotores que participaram da reunião

Maioria dos presentes afirmou não querer mais vereadores. No detalhe, promotores que participaram da reunião

Audiencia MP 2 - Cópia
Um grande número de pessoas participou na terça-feira, 24 de maio, da audiência promovida pelo Ministério Público para discutir o número de vereadores em Arau­cária. O encontro aconteceu no anfiteatro do Colégio Bom Jesus, antigo São Vicente de Paulo.

O MP convocou a audiência pública a pedido de um grupo de moradores da cidade, que informaram ao órgão sua preocupação com o modo como a Câmara estava lidando com o tema desde que o Legislativo recebeu uma recomendação ministerial para que revogasse uma emenda à lei orgânica que ampliou o número de vereadores em Araucária de onze para quinze a partir das eleições deste ano. A revogação precisa ser feita porque o aumento foi aprovado em período de recesso legislativo e isto seria ilegal.

Os cinco promotores que atuam em Araucária participaram da audiência: Josilmar de Souza Oliveira, João Carlos Negrão, David Kerber de Aguiar, Ticiane Louise Santana Pereira e Thiago Artigas Niclewicz. Logo na abertura dos trabalhos, alguns deles fi­zeram uso da palavra e enfatizaram que o Ministério Público está de portas abertas à comunidade, que pode contribuir com o trabalho do órgão denunciando eventuais ilicitudes que tiverem notícia.

Logo após a fala dos promotores, foi aberto espaço para que a comunidade se manifestasse acerca da ampliação ou não do número de vereadores. Vinte e cinco pessoas se inscreveram para falar, cada uma delas teve três minutos para dar sua opinião, sendo que – ao final – a grande maioria, 23 cidadãos, disseram ser contra qualquer tipo de aumento no número de vagas na Câmara. As únicas duas que disseram ser a favor foram um pré-candidato e a presidente local do PV, Rosane Ferreira.

Ao final do espaço dedicado às falas, o MP ainda fez uma consulta aos presentes para saber qual a opinião da plenária sobre o assunto. Quase a totalidade dos que foram à audiência se posicionou contra a ampliação das cadeiras quando questionados pelo promotor que presidiu os trabalhos, David Aguiar.

Resultados

Os resultados obtidos na audiência pública serão apresentados a todos os vereadores em reunião marcada para a próxima quinta-feira 2 de junho, às 14h. O encontro acontecerá no fórum da cidade.

Texto: Waldiclei Barboza / FOTO: Everson Santos

Sobre Redação

Redação

One comment

  1. É o não ditando a regra!

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*