Home / Notícias / Política / Câmara de Vereadores terá sessões extraordinárias sexta e segunda-feira

Câmara de Vereadores terá sessões extraordinárias sexta e segunda-feira


Foto 11 - Plenário da Câmara vazio

Embora o recesso legislativo mal tenha sido iniciado, o presidente da Câmara, Wilson Roberto David Mota (PSD), convocou seus pares para duas sessões extraordinárias. Elas estão marcadas para acontecer na sexta-feira, 15 de julho, e na segunda-feira (18). Amanhã ela acontece às 10h30 e na semana que vem às 11h.
Conforme Betão, as extraordinárias foram convocadas para analisar vários projetos encaminhados pela Prefeitura e que, em sua maioria, promovem ade­quações no orçamento do Município. “Regimentalmente nós não precisaríamos realizar essas sessões, até porque o prazo para votarmos esses projetos é de noventa dias, mas como se trata de matérias importantes para a nossa comunidade estamos fazendo o possível para que elas estejam aprovadas o quanto antes”, enfatizou.
Ao todo são doze os projetos que serão analisados nessas duas sessões extraordinárias. “Vários deles chegaram à Casa há poucos dias e fizemos uma força tarefa para analisarmos todos eles de modo que pudessem ser votados agora. Inclusive, com as comissões de Justiça e Redação e Finanças e Orçamento se desdo­brando sobre esses projetos em reuniões extraordinárias”, acrescentou o presidente.
Entre os projetos que irão a plenário está o que permitirá que a Prefeitura inicie a licitação para construção do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) do Capinzal. “Esse Cmei é uma reivindicação antiga daquela comu­nidade e estamos tratando o projeto com máxima prioridade”, comentou Betão.
Também nessas sessões haverá a apreciação dos projetos devolvendo recursos da Câmara ao Poder Executivo. Um deles extingue o Fundo Especial que havia sido criado pela Casa para custear a reforma e ampliação de sua estrutura administrativa. Com isso, os R$ 3,6 milhões que lá estavam voltam para a Prefeitura e, segundo acordo estipulado recentemente entre os edis, o prefeito Olizandro José Ferreira (PMDB) e o Ministério Público, esses recursos serão utilizados em sua totalidade na construção de novas creches. Outra matéria efetiva a devolução de outros R$ 1,4 mi­lhão aos cofres municipais. Betão está fazendo essa devolução antecipada à Prefeitura também com o compromisso do prefeito de que essa verba será empregada na edificação de cmeis.

 

Texto: Waldiclei Barboza/ Foto: Arquivo O Popular PR

Sobre Waldiclei Barboza

Waldiclei Barboza
Waldiclei Barboza é jornalista da editoria de Política de O Popular do Paraná desde 2005. Sempre às quintas-feiras, publica neste espaço e na edição impressa de O Popular uma Coluna sobre o dia a dia da política local.

4 comments

  1. Não precisaria, mas é importante.

  2. Quem vê pensa que isso é trabalho hahahahahahahah

  3. Pois é esses vereadores bem pouco produtivos.Nada que preste,apenas lombada,cidadao honorario e bobagens assim.O q eles gostam é mesmo de barganhar com o executivo,isso eles tem tempo e capacidade.

  4. é preciso tomar cuidado com essas sessões.

    fica de olho povo

Deixe um comentário para Anonimo Cancelar

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*