Home / Notícias / Política / CCs da Câmara agora terão que “bater ponto” biométrico

CCs da Câmara agora terão que “bater ponto” biométrico

Leitores biométricos foram implantados no corredor de acesso ao plenário


 

O presidente da Câmara de Vereadores, Ben Hur Custódio de Oliveira (PR), anunciou recentemente aos seus colegas de Casa que todos os servidores comissionados contratados pelo Poder Legislativo terão que se submeter ao controle de frequência ao trabalho de maneira biométrica.

Exatamente, os assessores em comissão dos vereadores e da Presidência da Casa terão que registrar a chegada e saída da labuta por meio da leitura da digital.

A nova regra começou a valer no último dia 16 de outubro e, segundo Bem Hur, vem ao encontro da política de sua gestão de dar total transparência ao dia a dia da Câmara à comunidade araucariense. “Os nossos funcionários efetivos já registram a frequência por meio da biometria desde outubro do ano passado. Logo, não havia razão para não estipularmos que a regra valesse também para os comissionados”, comentou.

Conforme a direção da Casa, o registro das digitais dos servidores comissionados foi feito durante a primeira semana de outubro, sendo que nos próximos noventa dias serão de eventuais adequações ao sistema. “Não devemos ter problemas com essa implantação, mas fixamos esse período de adequação para que ninguém possa alegar que não sabia das novas regras”, explicou o presidente.

Ainda de acordo com o comando da Câmara, a carga horária de trabalho dos comissionados é de quarenta horas semanais, com o expediente se iniciando às 8h e terminando às 17h30. Isto, claro, com o intervalo para almoço compreendido entre 12h e 13h30. Então, se você ficou mesmo curioso em saber se é verdade essa história que os CCs estão mesmo colocando o dedão no leitor de frequência, basta comparecer ao Legislativo nos horários de entrada e saída e dar aquela conferida.

 

Texto: Waldiclei Barboza / Foto: Marco Charneski

Sobre Redação

Redação

One comment

  1. Mais uma bola dentro do Hissam depois de moralizar aquela PMA que era uma farra!!!

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*