Discussão sobre terceirização dos 24 horas acontece hoje | O Popular do Paraná
Home / Notícias / Política / Discussão sobre terceirização dos 24 horas acontece hoje

Discussão sobre terceirização dos 24 horas acontece hoje

Palco do encontro será a Câmara de Vereadores

 

Um encontro marcado para esta quinta-feira, 25 de janeiro, no plenário da Câmara de Vereadores irá discutir alguns aspectos do processo de reestruturação da rede básica de saúde de Araucária, que culminará com a transferência da gestão das unidades de pronto atendimento 24 horas para organizações sociais.

A reunião sobre a terceirização da UPA e do PAI (que será transferido para o Hospital Municipal de Araucária) é uma iniciativa dos vereadores Fábio Alceu (PSB) e Tatiana Nogueira (PSDB) e tem início marcado para às 19h.

O processo de reestruturação da rede básica foi anunciado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMSA) nas últimas semanas. O tema, inclusive, foi pauta de uma discussão acalorada no Conselho Municipal de Saúde (Comusar) no último dia 9 de janeiro.

A SMSA afirma que a terceirização da UPA do Planalto e a transferência do PAI para o HMA fará com que o atendimento nesses locais melhore, aumentando o número de profissionais disponíveis para atender o morador de Araucária. Outro ponto positivo, segundo a Prefeitura, é que os funcionários efetivos que hoje estão lotados nos 24 horas serão lotados nas unidades básicas de saúde, os tradicionais postinhos, melhorando também a prestação do serviço aos usuários nesses locais.

Por sua vez, o Sifar, sindicato que representa os servidores da Prefeitura, tem se posicionado radicalmente contra a terceirização dos 24 horas, afirmando que ela irá precarizar o atendimento oferecido nessas unidades. Afirma ainda que a contratação de organizações sociais para gestar unidades de saúde tem se mostrado um péssimo negócio em Araucária e em todo o Brasil, sendo uma porta para casos de corrupção.

 

Texto: Waldiclei Barboza / Foto: Everson Santos

Sobre Redação

Redação

2 comentários

  1. Hum!!! Encontro promovido por vereadores, sinônimo interessante que o jornal preferiu optar para nominar uma audiência pública, ferramenta importantíssima no processo democrático brasileiro, será que o jornal também chamara de encontro promovido pela prefeitura quando das ocorrências das audiência públicas para LOA e LDO e outras que a PMA promoverá ao longo desse ano…?

    • jota, acontece que audiências públicas são evocadas para discutir uma ideia ainda em fase de implantação. Já no caso da terceirização do UPA e PAI o assunto já foi decidido pela parte executiva e só então restante a a aprovação no COMUSAR. Ou seja, essa reunião só servirá para afagar ao ego dos ragers sindicalistas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu endereço de email não será publicado. Os campos requiridos são marcados com *

*