Hissam decide conceder reajuste aos servidores da Prefeitura | O Popular do Paraná
Home / Notícias / Política / Hissam decide conceder reajuste aos servidores da Prefeitura

Hissam decide conceder reajuste aos servidores da Prefeitura

Hissam bateu o martelo sobre o reajuste nesta quarta-feira

 

O prefeito Hissam Hussein Dehaini (PPS) se reuniu esta semana com o núcleo duro de seu governo para discutir se os cofres municipais teriam como suportar a concessão de algum reajuste aos servidores públicos do Município. Como se sabe, na última reunião entre representantes da Prefeitura e dos sindicatos que representam o funcionalismo municipal, no final do mês passado, a posição era a de que o cenário econômico atual não permitiria qualquer tipo de incremento na despesa da Prefeitura com sua folha de pagamento.

Na conversa com seu núcleo duro, no entanto, Hissam teria manifestado o desejo de que, ao menos o acumulado da inflação dos últimos doze meses fosse reposto. Ele teria dito a alguns secretários que, com as economias que vêm sendo feitas nestes primeiros seis meses de governo e, palavras dele, “fechamento de torneiras históricas de corrupção”, teria de haver uma forma de conceder algum reajuste ao funcionalismo. E foi em razão desta vontade política manifestada pelo prefeito que as áreas técnicas das secretarias de Planejamento, Gestão de Pessoas e Finanças passaram a trabalhar. Conforme apurou nossa reportagem, os estudos feitos por estas pastas foram apresentados ao chefe do Executivo nesta quarta-feira, 7 de junho.

Com estes números nas mãos, Hissam bateu o martelo: vai encaminhar à Câmara de Vereadores na próxima segunda-feira (12) projeto de lei concedendo reajuste de 3,4% aos salários dos servidores a partir de julho. Para chegar ao índice, os técnicos da Prefeitura consideraram o acumulado da inflação entre os meses de maio de 2016 e abril de 2017. Foram utilizados como parâmetro o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) e INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor).

Ainda conforme apurou nossa reportagem, a concessão desses 3,4% aos salários dos servidores implicará num acréscimo mensal de R$ 868 mil à folha de pagamento da Prefeitura. De julho a dezembro, a conta chega a R$ 6 milhões e, nos doze meses de 2018, R$ 11,5 milhões.

Embora O Popular tenha apurado que os detalhes acerca do reajuste já tenham sido sacramentados, Hissam ainda não fez o anúncio oficial. A tendência é que isso só seja feito após o protocolo do projeto de lei na Câmara. Na próxima quarta-feira (14), aliás, a discussão sobre o aumento é a principal pauta de uma nova reunião entre representantes da Prefeitura e do Sifar e Sismmar.

 

Texto: Waldiclei Barboza / Foto: Everson Santos

Sobre Redação

Redação

Um Comentário

  1. Melhor do que nada.É, nos que precisamos, que ganhamos aquela miseria, por causa desses grandoes ai que ganham mais que secretario nao da mais pra dar aumentos legais.Culpa dessas administraçoes do passado que deram reajustes muito acima da inflação e para alguns bons aumentos, porque?Porque tinha dinheiro sobrando,verdadeiros bandidos mas ate hoje gritam o nome dele por causa disso(paizao).Nao é a toa que veneram o ladrao do lula aqui tambem veneram esse mega ex prefeito paizao.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Seu endereço de email não será publicado. Os campos requiridos são marcados com *

*