Home / Notícias / Política / Justiça nega pedido de Betão, Cabrini e Vanderlei. Sessão para analisar cassação dos três está mantida para esta quarta-feira

Justiça nega pedido de Betão, Cabrini e Vanderlei. Sessão para analisar cassação dos três está mantida para esta quarta-feira


Os vereadores Francisco Cabrini (PP), Vanderlei Cabeleireiro (DEM) e Wilson Roberto David Mota (PSD) não conseguiram que o Poder Judiciário suspendesse a realização da sessão especial da Câmara que analisará o pedido de cassação de seus mandatos nesta quarta-feira, 15 de agosto.

O mandado de segurança impetrado pela defesa do trio foi analisado pelo juiz substituto da 2ª Vara da Fazenda Pública de Araucária, André Doi Antunes, que entendeu não estarem presentes os pressupostos para concessão do pedido liminar de suspensão da sessão de amanhã. A decisão foi tornada pública às 21h55 desta terça-feira (14).

Com a negativa, os vereadores que compõe o parlamento municipal podem seguir com sua programação para analisar o pedido de cassação de Cabrini, Betão e Vanderlei a partir das 9h desta quarta-feira.

De acordo com o previsto no regimento interno da Câmara, durante a sessão de julgamento, a Comissão Processante fará a leitura de seu relatório final. Após, cada vereador terá até quinze minutos para tecer ponderações. Em seguida, os vereadores denunciados ou seus advogados têm até duas horas cada para sustentação oral. Concluído tudo isso, passa-se para a votação, que será aberta, sendo que a cassação só acontece caso receba a chamada maioria absoluta dos votos, o que corresponde a 2/3 da totalidade, ou seja, para ser cassado, dos onze vereadores, oito precisam votar neste sentido. Do contrário, o edil permanece com o mandato.

Aberta ao público

A sessão especial para analisar a cassação dos vereadores é aberta ao público e a expectativa é que ela demore cerca de dez horas para ser concluída. Os trabalhos serão acompanhados em tempo real pelo O Popular, com transmissão de vídeos e comentários por meio de sua página no Facebook. Não deixe de acompanhar.

 

 

Sobre Redação

Redação

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*