Home / Notícias / Política / Justiça proíbe Olizandro de manter contato com Hissam e Genildo

Justiça proíbe Olizandro de manter contato com Hissam e Genildo

O juiz da Vara Criminal de Araucária, Sérgio Bernardinetti, proibiu na última terça-feira, 13 de dezembro, que o ex-prefeito Olizandro José Ferreira (PMDB) se aproxime ou mantenha qualquer tipo de contato com o atual prefeito, Hissam Hussein Dehaini (PPS) e o secretário de Governo, Genildo Carvalho (PPS).

A decisão foi dada numa ação criminal impetrada nos últimos dias pelo Ministério Público local contra Olizandro, acusando-o de coação no curso do processo. De acordo com os promotores autores da demanda, David Kerber de Aguiar, João Carlos Negrão, Karine Romanni e Thiago Artigaz, o ex-prefeito teria ameaçado Genildo na saída de uma audiência que acontecia no Fórum da cidade no dia 23 de novembro. Ele ainda teria dado a entender que o secretário de Governo e Hissam deveriam rever testemunhos prestados à Justiça. Do contrário, faria “da vida deles um inferno”.

Na decisão exarada nesta terça-feira, o magistrado entendeu que há indícios suficientes para o recebimento da ação criminal proposta pelo Ministério Público. Ele ainda marcou audiência de instrução e julgamento do processo para o próximo dia 3 de abril. Sobre a proibição de que Olizandro se aproxime de Hissam e Genildo, o juiz escreveu: “7. Com relação à cota ministerial, dada a gravidade dos fatos, em tese, cometidos pelo réu, e considerando a necessidade premente de proteção às supostas vítimas, afigura-se de inafastável razoabilidade o pleito de aplicação de medidas protetivas diversas da prisão, para minimamente proteger sua integridade, notadamente da vítima Hissam Hussein Dehaini, que atualmente ocupa o cargo de Prefeito Municipal de Araucária. Ademais, o fato de os crimes terem sido, em tese, cometidos dentro deste Fórum, há poucos metros desta Vara Criminal, demonstram desfaçatez e periculosidade concreta, em manifesto deboche às instituições do Poder Judiciário e de segurança pública”, ponderou.

Além da medida cautelar de proibição de aproximação de Hissam e Genildo, seja de maneira direta ou indireta, o juiz ainda determinou que Olizandro compareça mensalmente ao Cartório da Vara Criminal para dar conta do que anda fazendo.

Não foi citado

Sobre a acusação de ameaça e de tentar tumultuar a tramitação de um processo, Olizandro disse que ainda não foi citado formalmente da ação e que só emitirá um posicionamento sobre o caso após isso acontecer.

Sobre Redação

Redação

3 comments

  1. Falta muita gente pra colocar na cadeia,prefeito quase todos desde 1990,talves excessa o de 2.Agora os 2 ferreiras certeza,inclusive sempre do mesmo grupo

  2. “comé que é”… tipo a justiça não tem mais nenhum processo para julgar? a prioridade é “briga de casal”

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios *

*